Anda di halaman 1dari 35

http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Destaques do Governo

Relatório Público do Município Barauna do Estado do


RN

SÍNTESE DO PAR

Dimensão 1 - Gestão Educacional


Área 1 - Gestão Democrática: Articulação e Desenvolvimento dos Sistemas de Ensino
Indicador 1 - Existência e funcionamento de Conselhos Escolares (CE).
2 - Quando existem CE em menos de 50% das escolas. Eles são pouco atuantes (apenas no papel). A SME sugere
Critério /
a implantação, mas não orienta. As escolas da rede, em parte, mobilizam-se para implantar CE, mas não recebem
Pontuação
orientação.
O município optou pelo critério 2 porque apenas uma escola possui Conselho Escolar em parte atuante, mas a
Secretaria de Educação já solicitou às escolas a implantação dos Conselhos Escolares em função de ter aderido
Justificativa
ao Selo Unicef. Entretanto, a Secretaria ainda não desenvolveu um trabalho de orientação para implantação desses
Conselhos.
Demanda
1. Capacitação sobre criação, funcionamento, atribuições e qualificação dos conselheiros;2. Materiais de
para Redes
fundamentação (livros e guias que fundamentam teoricamente a criação dos Conselhos);
Municipais

Demanda: Municipal
Implantar conselhos escolares nas escolas da rede que ainda não possuem e
Descrição da Ação:
incentivar a atuação dos conselhos escolares existentes
Nome do
MARIA DE FÁTIMA DE LIMA DAS CHAGAS
Responsável:
Ação Cargo do
PROFESSORA
Responsável:
Período Inicial: 15/01/2008
Período Final: 15/01/2011
Resultado
CONSELHOS IMPLANTADOS E EM FUNCIONAMENTO.
Esperado:

Descrição da
Qualificar conselheiros escolares.
Subação:
Estratégia de Estudo do material instrucional disponibilizado pelo Programa Nacional de
Implementação: Fortalecimento de Conselhos Escolares.
Programa: Outros
Unidade de Medida: conselheiro(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 100 100 100 0 300
Cronograma Físico Cronograma novembro até agosto até agosto até
Físico: dezembro dezembro dezembro

Descrição da Qualificar técnicos da SME que serão os multiplicadores da formação de


Subação: conselheiros escolares.
Estratégia de Curso de aperfeiçoamento pelo Programa Nacional de Fortalecimento de Conselhos
Implementação: Escolares.
Programa: Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares
Unidade de Medida: servidor(es) da SME
Sub-Ação
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

1 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 10 0 0 0 10
Cronograma Físico
Cronograma Físico: maio até maio

Descrição da Reunir os segmentos da comunidade escolar para incentivar e orientar a criação dos
Subação: Conselhos Escolares.
Estratégia de Reuniões com os diversos segmentos da comunidade escolar para criação dos
Implementação: Conselhos Escolares.
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 90 0 0 0 90
Cronograma Físico
Cronograma Físico: janeiro até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 2 - Existência, composição e atuação do Conselho Municipal de Educação (CME).


Critério /
1 - Quando não existe um CME implementado. Ou quando o CME existente é apenas formal.
Pontuação
O Conselho Municipal de Educação apesar de ter sido instituído numa gestão passada, permaneceu sem funcionar
Justificativa por um longo período. A documentação existe, entretanto, não encontra-se funcionando e seus representantes em
parte não mais o representam.
Demanda
1. Mobilização da SME junto ao chefe do Poder Executivo para dinamizar o CME;2. Capacitação a respeito das
para Redes
atribuições para que seus membros sejam atuantes e responsáveis pelo funcionamento do Conselho;
Municipais

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Implantar CME
Nome do
EDNA RODRIGUES DO NASCIMENTO
Responsável:
Cargo do
Ação SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 17/12/2007
Período Final: 17/12/2010
Resultado REATIVAÇÃO E DINAMIZAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE
Esperado: BARAÚNA

Descrição da
Qualificar conselheiros municipais de educação.
Subação:
Estratégia de
Estudo do material instrucional disponibilizado pelo Pró-conselho.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: conselheiro(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 18 18 18 18 72
Cronograma Físico Cronograma junho até junho até junho até junho até
Físico: dezembro julho julho julho

Descrição da Qualificar conselheiros que serão os multiplicadores da formação de conselheiros


Subação: municipais de educação.
Sub-Ação Estratégia de Curso de aperfeiçoamento pelo Programa Nacional de Capacitação de Conselheiros
Implementação: Municipais de Educação - Pró-conselho.

2 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Pró-Conselho - Programa Nacional de Capacitação de Conselheiros Municipais de


Programa:
Educação
Unidade de Medida: conselheiro(s)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 4 0 0 0 4
Cronograma Físico
Cronograma Físico: agosto até agosto

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

4 - Existência de Projeto Pedagógico (PP) nas escolas e grau de participação dos professores e do CE na
Indicador
elaboração dos mesmos; de orientação da SME, e de consideração das especificidades de cada escola
Critério / 2 - Quando todas as escolas possuem um PP, que é padrão para toda a rede, tendo sido elaborado diretamente
Pontuação pela SME.
Todas as escolas elaboraram o PPP com a participação ativa de todos os segmentos da comunidade escolar com
Justificativa o apoio logístico e financeiro e a orientação da Secretaria Municipal de Educação. Entretanto, os PPP´s não foram
implementados com a participação dos CE´s pelo motivo dos mesmos não existirem em todas as escolas.

Demanda: Municipal
Promover a implantação do PP nas escolas da rede, considerando as
Descrição da Ação:
particularidades de cada estabelecimento de ensino.
Nome do
Responsável:
Ação Cargo do
Responsável:
Período Inicial:
Período Final:
Resultado
Esperado:

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 5 - Critérios para escolha da Direção Escolar


Critério / 2 - Quando existem critérios para escolha da direção das escolas, mas estes não consideram experiência,
Pontuação educacional, mérito e desempenho; não são de conhecimento de todos e não existe uma publicação legal.
Existem os critérios definidos no Plano de Cargos, Carreiras e Salários, entretanto, esses critérios não são de
Justificativa
conhecimento de todos e não são respeitados plenamente.
Demanda 1. Edição e publicação de uma norma legal que todos os diretores sejam escolhidos dentre os professores efetivos
para Redes do quadro de servidores do município através de eleição direta e respeitando critérios de experiência, mérito e
Municipais desempenho.

Demanda: Municipal
Adequar os critérios de escolha de diretores, fundamentado nos princípios
Descrição da Ação:
democráticos.
Nome do
FRANCISCA NÚBIA OLIVEIRA BEZERRA
Responsável:
Ação Cargo do
TÉCNICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 01/07/2008
Período Final: 01/07/2011
Resultado
GESTÃO DEMOCRÁTICA DAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL
Esperado:

Descrição da Elaborar critérios de escolha de diretores, fundamentando-os nos princípios


Subação: democráticos e na legislação vigente.
Estratégia de Reuniões com a comunidade e com os representantes do Legislativo, e elaboração
Sub-Ação
Implementação: de instrumentos legais ordenadores do processo.
Programa: Outros

3 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Unidade de Medida: documento(s)


Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Descrição da
Promover um amplo debate com os profissionais da rede e com a comunidade.
Subação:
Estratégia de
Reuniões e seminários com os profissionais da rede e com a comunidade.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 3 0 0 0 3
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

6 - Existência, acompanhamento e avaliação do Plano Municipal de Educação (PME), desenvolvido com base no
Indicador
Plano Nacional de Educação - PNE
Critério / 1 - Quando não existe nenhuma forma de acompanhamento e avaliação das metas do Plano Municipal de
Pontuação Educação (PME), por parte da SME, ou previsão de implantação, ou, ainda, quando não existe um PME.
Existe um Plano Municipal de Educação (trata-se de uma Lei do ano de 2002), entretanto, a Secretaria de
Justificativa
Educação não acompanha e não cuida da avaliação. O Plano também não foi divulgado.
Demanda
1. Reestruturação do Plano Municipal de Educação;2. Divulgação do Plano já reestruturado;3. Desenvolvimento de
para Redes
meios de acompanhamento e avaliação do PME pela SME e pelo CME.
Municipais

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Implantar e/ou reestruturar o plano Municipal de Educação.
Nome do
ROSILENE DA COSTA BEZERRA RAMOS
Responsável:
Cargo do
TÉCNICO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Ação
Período Inicial: 01/03/2008
Período Final: 30/12/2010
SISTEMATIZAÇÃO DAS AÇÕES NECESSÁRIAS PARA A PROMOÇÃO E
DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL, CUMPRIMENTO DAS
Resultado
NORMAS DO SISTEMA DE EDUCAÇÃO, AUXÍLIO NO PLANEJAMENTO DA
Esperado:
EDUCAÇÃO, NA DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS E NO ACOMPANHAMENTO E
AVALIAÇÃO.

Descrição da
Elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, execução e avaliação do PME.
Subação:
Estratégia de
Elaboração e aplicação de instrumentos de acompanhamento e avaliação do PME.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: março até dezembro

4 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Descrição da Elaborar Projeto de Lei instituindo o Plano Municipal de Educação, em consonância


Subação: com as diretrizes do Plano Nacional de Educação (PNE).
Estratégia de
Reuniões com representantes do Legislativo, do Executivo e da comunidade escolar.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: março até março

Descrição da
Promover a implantação do Planejamento Estratégico da Secretaria (PES) na SME.
Subação:
Estratégia de
Implantação de planejamento estratégico na SME.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: janeiro até dezembro

Descrição da Qualificar a equipe da SME para elaborar, implementar e avaliar o Plano Municipal de
Subação: Educação.
Curso presencial de aperfeiçoamento por meio do Programa de Apoio aos Sistemas
Estratégia de
de Ensino no Processo de Avaliação do PNE e de Elaboração, Implantação e
Implementação:
Avaliação dos Planos Estaduais e Municipais de Educação.
Programa Nacional de Acompanhamento e Avaliação do PNE e dos Planos
Programa:
Decenais Correspondentes
Unidade de Medida: servidor(es) da SME
Sub-Ação
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 4 0 4 0 8
Cronograma Físico Cronograma março até fevereiro até
Físico: março dezembro

Descrição da Reforçar institucionalmente a SME, bem como seus processos gerenciais, por meio
Subação: da implantação de metodologia de planejamento na SME.
Estratégia de Qualificação da equipe da SME na metodologia de Planejamento Estratégico da
Implementação: Secretaria (PES) e apoio técnico na sua implementação.
Programa: PES - Planejamento Estratégico da Secretaria
Unidade de Medida: servidor(es) da SME
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 2 0 0 0 2
Cronograma Físico
Cronograma Físico: janeiro até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

5 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Indicador 8 - Estágio probatório efetivando os professores e outros profissionais da educação.


Critério /
1 - Quando não existem regras claras e definidas para o estágio probatório.
Pontuação
Existe o estágio probatório, entretanto, as regras não são claras e definidas , por conseqüência não existe
Justificativa avaliação de desempenho e nem pessoal especificado para realizar a atividade de acompanhamento e avaliação
de desempenho.
Demanda
1. Definir regras e critérios e tornar público, bem como também fazer valer na íntegra;2. Definir legalmente e
para Redes
capacitar uma comissão específica para realizar essas atividades.
Municipais

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Implantar regras para o estágio probatório
Nome do
FRANCISCO EDNALDO ROCHA DE OLIVEIRA
Responsável:
Cargo do
Ação DIRETOR ESCOLAR
Responsável:
Período Inicial: 01/04/2008
Período Final: 30/12/2008
Resultado REGRAS CLARAS E DISSEMINADAS PARA ADMISSÃO, PERÍODO DE ESTÁGIO,
Esperado: AVALIAÇÃO DO ESTAGIÁRIO E EFETIVAÇÃO.

Descrição da
Disseminar as regras para o estágio probatório.
Subação:
Estratégia de
Produção e distribuição de material informativo.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 1 1 1 1 4
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Descrição da Estabelecer regras para implantação do estágio probatório de professores e demais


Subação: profissionais da educação.
Estratégia de
Elaboração de documento com critérios claros para o estágio probatório.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: fevereiro até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 9 - Plano de Carreira dos Profissionais de serviço e apoio escolar


Critério /
1 - Quando não existe Plano de Carreira.
Pontuação
O único Plano de Carreira que existe é o do Magistério. As demais áreas funcionais não possuem por não ter
Justificativa
havido nenhuma exigência legal e não houve interesse e organização por parte dos profissionais da área.
Demanda
1. Exigência legal para implementação do PCCS do pessoal de serviços e apoio;2. Capacitação para técnicos da
para Redes
SME para elaboração do PCCS;3. Capacitação e integração das entidades de classe.
Municipais

6 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Implementar o Plano de Carreira para os Profissionais de Serviço e Apoio Escolar.
Nome do
FRANCISCO EDNALDO ROCHA DE OLIVEIRA
Responsável:
Cargo do
Ação DIRETOR ESCOLAR
Responsável:
Período Inicial: 01/04/2008
Período Final: 30/04/2010
Resultado PROJETO DE LEI ELABORADO, APROVADO PELA CÂMARA E SANCIONADO
Esperado: PELO PREFEITO E IMPLEMENTADO.

Descrição da Discutir e elaborar proposta de Plano de Carreira para os Profissionais de Serviço e


Subação: Apoio Escolar.
Estratégia de Reuniões, seminários e assembléia com profissionais da rede, representantes de
Implementação: sindicatos, representantes do Legislativo, do Executivo e do CME.
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 6 0 0 0 6
Cronograma Físico
Cronograma Físico: abril até dezembro

Descrição da Elaborar Projeto de Lei de implementação do Plano de Carreira para os Profissionais


Subação: de Serviço e Apoio Escolar.
Estratégia de Reuniões com profissionais da rede, representantes de sindicatos, representantes do
Implementação: Legislativo, do Executivo e do CME.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: agosto até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

2 - Desenvolvimento da Educação Básica: ações que visem a sua universalização, a melhoria da qualidade do
Área ensino e da aprendizagem assegurando a eqüidade nas condições de acesso e permanência e conclusão na
idade adequada
Indicador 2 - Existência de atividades no contraturno
2 - Quando menos de 50% das escolas da rede oferecem atividades no contraturno; contemplam unicamente
Critério / alunos matriculados em uma das etapas do Ensino Fundamental; estão ligadas apenas ao lazer e não são
Pontuação monitoradas por professores, coordenadores pedagógicos ou outros profissionais; também não estão
contempladas no PME e nos PP.
Apenas uma escola oferece atividades de ensino de informática, não atendendo a demanda existente. Isso ocorre
por falta de espaços físicos e profissionais específicos para desenvolvimento dessas atividades. Essas
Justificativa
informações não incluem as atividades desenvolvidas por exigência e programação do Programa de Erradicação
do Trabalho Infantil - PETI.
Demanda 1. Construção e/ou ampliação e reforma de espaços físicos adequados;2. Contratação de pessoal específco;3.
para Redes Aquisição de material didático-pedagógico;4. Capacitação de pessoal para o desempenho das atividades;5.
Municipais Planejamento de atividades que contemplem e complementem as atividades educativas desenvolvidas na escola.

Demanda: Municipal
Ação

7 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Expandir as atividades de contraturno nas escolas da rede, observando a articulação


Descrição da Ação:
das atividades com o PP de cada escola.
Nome do
MARIA EDNA REINALDO DE OLIVEIRA FERNANDES
Responsável:
Cargo do
PROFESSORA DA ZONA URBANA
Responsável:
Período Inicial: 01/03/2008
Período Final: 30/12/2011
DIMINUIÇÃO DO ÍNDICE DE EVASÃO, CORREÇÃO DO FLUXO, REDUÇÃO DO
Resultado
ÍNDICE DE ANALFABETISMO, INCLUSÃO SOCIAL E MELHORAMENTO DAS
Esperado:
NOTAS DO IDEB.

Implementar o atendimento aos alunos com dificuldades de aprendizagem, com


Descrição da
deficiência, transtornos globais de desenvolvimento ou altas habilidades/
Subação:
superdotação.
Implementação do atendimento aos alunos com dificuldades de aprendizagem, com
Estratégia de
deficiência, transtornos globais de desenvolvimento ou altas habilidades/
Implementação:
superdotação.
Programa: Outros
Unidade de Medida: aluno(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 100 100 100 100 400
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro
Cronograma março até março até março até
até
Físico: dezembro dezembro dezembro
dezembro

Descrição da Oferecer a formação de Com-Vida - Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de


Subação: Vida e implementar a Agenda 21 nas escolas.
Estratégia de Participação no processo de conferências de meio ambiente na escola. Seminários
Implementação: de formação para os participantes por meio do Programa Mais Educação.
Programa: SECAD - Com-vida (Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola)
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 5 10 9 8 32
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Promover a reestruturação pedagógica da rede a partir do levantamento de


Descrição da necessidades e oportunidades para o desenvolvimento de uma educação integral e
Subação: integrada por meio de ações que ampliem espaço, tempo e oportunidade escolar no
turno complementar.
Aplicação de instrumento diagnóstico, análise dos resultados e elaboração de um
Estratégia de
plano de metas, articulado com o PP de cada escola, para implantação de atividades
Implementação:
no turno complementar.
Programa: Outros
Sub-Ação Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: março até dezembro

8 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Descrição da Qualificar a equipe da SME para a implantação de atividades no turno complementar


Subação: (educação integral e integrada).
Estratégia de
Estudo do material informativo do Programa Mais Educação da Secad/MEC.
Implementação:
Programa: SECAD - Programa Mais Educação (kit informativo)
Unidade de Medida: kit(s) de material
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: fevereiro até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Área 4 - Suficiência e estabilidade da equipe escolar


Indicador 1 - Quantidade de professores suficiente
2 - Quando menos de 50% das escolas da rede apresentam uma relação matrícula/professor adequada; esta
Critério /
acontece de forma acidental, pois não é resultante de uma política da SME que visa garantir boas condições de
Pontuação
trabalho ao professor e considera as necessidades pedagógicas das diversas faixas etárias.
Parte das escolas da rede apresentam uma relação matrícula/professor adequada que ocorre acidentalmente,
Justificativa como resultante da baixa demanda média da zona rural. Entretanto, as escolas da zona urbana têm problemas
quanto a distribuição de pessoal e espaços físicos, ambos são reduzidos diante da demanda existente.
Demanda
1. Implementação das séries 6º, 7º, 8º e 9º ano nas escolas da zona rural;2. Reforma e ampliação das escolas da
para Redes
zona urbana;3. Contratação de novos professores via concurso público.
Municipais

Demanda: Municipal
Implementar ações de planejamento para provimento das demandas da rede e
Descrição da Ação:
investir na valorização do trabalho docente.
Nome do
EDNA RODRIGUES DO NASCIMENTO
Responsável:
Cargo do
Ação SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 01/04/2008
Período Final: 30/12/2008
ATENDER DE FORMA SUFICIENTE AS DEMANDAS DA REDE,
Resultado
REESTRUTURAÇÃO DO PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS E VALORIZAÇÃO DO
Esperado:
PROFISSIONAL DO MAGISTÉRIO.

Descrição da Fazer planejamento considerando as condições de trabalho dos professores e as


Subação: necessidades pedagógicas das diversas faixas etárias.
Estratégia de Definição de critérios de atuação dos professores, considerando jornada de trabalho,
Implementação: quantidade de alunos por sala de aula em cada etapa e modalidade.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: abril até dezembro

Descrição da Implementar a metodologia de microplanejamento como medida para levantamento


Subação: das demandas e definição do provimento de cargos necessários para a rede.
Sub-Ação
Estratégia de
Implementação da metodologia de microplanejamento.
Implementação:

9 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Programa: Microplanejamento Educacional


Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Área 5 - Gestão de Finanças


Indicador 1 - Cumprimento do dispositivo constitucional de vinculação dos recursos da educação.
2 - Quando os mecanismos existentes para fiscalização e controle tanto interno quanto externo e social, do
Critério / cumprimento do dispositivo constitucional de vinculação de recursos da educação não estão devidamente
Pontuação implementados e não permitem a análise e a divulgação do demonstrativo de investimentos às unidades escolares
e não há outras formas de publicização.
O município possui atuando o Conselho do FUNDEB e o Sindicato dos Servidores Municipais de Baraúna que
Justificativa fiscalizam pelo cumprimento do dispositivo constitucional de vinculação de recursos da Educação, mas não existe
nenhuma forma de controle e publicização acerca da aplicação desses recursos.
Demanda 1. Divulgação por parte do poder público da prestação de contas à comunidade escolar;2. Desenvolvimento de um
para Redes trabalho de fiscalização por parte dos Conselhos do FUNDEB e dos Caixas Escolares;3. Capacitação dos
Municipais representantes dos Conselhos do FUNDEB, Caixas Escolares e Conselho Escolar.

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Implementar os dispositivos constitucionais de vinculação de recursos da educação.
Nome do
EDNA RODRIGUES DO NASCIMENTO
Responsável:
Cargo do
Ação SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO
Responsável:
Período Inicial: 15/01/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado CLAREZA NA APLICAÇÃO DOS RECURSOS CONSTITUCIONAIS DE
Esperado: VINCULAÇÃO DE RECURSOS DA EDUCAÇÃO.

Divulgar semestralmente para o Conselho Municipal de Educação (quando houver),


Descrição da
Conselho do Fundeb e para a comunidade o percentual aplicado na educação do
Subação:
município.
Estratégia de
Audiência pública; material impresso.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 2 2 2 2 8
Cronograma Físico Cronograma janeiro até janeiro até janeiro até janeiro até
Físico: dezembro dezembro dezembro dezembro

Descrição da Qualificar o dirigente municipal de educação para acompanhamento e divulgação dos


Subação: recursos aplicados em manutenção e desenvolvimento do ensino.
Estratégia de Estudo do material informativo/ instrucional do Programa de Apoio aos Dirigentes
Implementação: Municipais de Educação (Pradime).
Sub-Ação
Programa: Pradime - Programa de Apoio aos Dirigentes Municipais de Educação
Unidade de Medida: gestor(es) municipal(is)

10 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Forma de Execução Assistência técnica do MEC


Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: março até março

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Dimensão 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Dimensão 2 - Formação de Professores e de Profissionais de Serviços e Apoio Escolar


Área 2 - Formação Continuada de Professores da Educação Básica
3 - Existência e implementação de políticas para a formação continuada de professores, que visem a melhoria da
Indicador
qualidade de aprendizagem da leitura/escrita e matemática nos anos/séries finais do ensino fundamental.
1 - Quando não existem políticas voltadas para a formação continuada dos professores que atuam nos anos/séries
Critério /
finais do Ensino Fundamental, visando a melhoria da qualidade de aprendizagem de todos os componentes
Pontuação
curriculares,
Não existem políticas voltadas para a formação continuada dos professores que atuam nos anos/séries finais do
Justificativa Ensino Fundamental, visando a melhoria da qualidade de aprendizagem de todos os componentes curriculares, o
que resulta numa demanda grande para ações com esse objetivo.
1. Implementação de políticas voltadas para formação continuada de professores que atuam nos anos/ séries finais
Demanda do Ensino Fundamental;2. Incentivo para formação de grupos de estudo voltados para o aprofundamento das
para Redes competências pedagógicas;3. Recursos financeiros para contratação de pessoal capacitado para desenvolvimento
Municipais de cursos de capacitação;4. Capacitação para habilitar formadores para atuar nessas ações de formação
continuada.

Demanda: Municipal
Formular e implementar políticas voltadas para a formação continuada dos
professores que atuam nos anos / séries finais do ensino fundamental visando
integralmente à melhoria da qualidade de aprendizagem da leitura/ escrita e
Descrição da Ação:
matemática, considerando, também, as especificiades das escolas do campo além
das seguintes áreas temáticas: educação ambiental, educação para os direitos
humanos, educação integral e integrada.
Nome do
Ação MARIA LÚCIA GUIMARÃES
Responsável:
Cargo do
COORDENADORA PEDAGÓGICA
Responsável:
Período Inicial: 17/02/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado MELHORAR O NÍVEL DE ENSINO-APRENDIZAGEM ATRAVÉS DO ESTIMULO
Esperado: AOS PROFESSORES À PRÁTICA DE SUA ATIVIDADE.

Elaborar um plano de formação continuada dos professores que atuam nos


Descrição da
anos/séries finais do Ensino Fundamental, contendo nome do profissional e demanda
Subação:
específica por formação.
Estratégia de Mapeamento por formação continuada dos profissionais que atuam nos anos/séries
Implementação: finais do Ensino Fundamental.
Programa: Outros
Unidade de Medida: diagnóstico(s)
Sub-Ação
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: março até dezembro

11 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Descrição da Qualificar os professores dos anos/ séries finais que atuam no campo em cursos
Subação: implementados pela SME.
Estratégia de Cursos implementados pela SME com a utilização de material específico produzido
Implementação: pela Secad - Campo.
Programa: SECAD - CAMPO - Tecnologias da Educação do Campo
Unidade de Medida: kit(s) de material
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: fevereiro até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

3 - Formação de Professores da Educação Básica para atuação em educação especial, escolas do campo,
Área
comunidades Quilombolas ou Indígenas.
1 - Qualificação dos professores que atuam em educação especial, escolas do campo, comunidades quilombolas
Indicador
ou indígenas.
1 - Quando menos de 10% dos professores que atuam em educação especial, escolas do campo, comunidades
Critério /
quilombolas ou indígenas participam ou participaram de cursos com formação específica para atuação nestas
Pontuação
modalidades.
Existem menos de 10% dos professores capacitados para atuar nas escolas do campo, porque o município optou
Justificativa por não continuar um processo de formação por inexistência de recursos financeiros. Com relação à educação
especial, comunidades quilombolas ou indígenas não há professores capacitados.
Demanda
1. Ampliação do número de professores capacitados para atuar nas escolas do campo;2. Formação específica
para Redes
para educação inclusiva.
Municipais

Demanda: Municipal
Promover programas de formação e habilitação específica para professores que
atuam em educação especial, em escolas do campo, em comunidades quilombolas e
Descrição da Ação:
em comunidades indígenas, e que contemplem também as temáticas: educação
ambiental, educação para os direitos humanos, educação integral e integrada.
Nome do
RITA COSTA BEZERRA
Responsável:
Ação
Cargo do
PROFESSORA DA ZONA RURAL
Responsável:
Período Inicial: 01/02/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado PROFESSORES CAPACITADOS E MOTIVADOS PARA A EDUCAÇÃO
Esperado: INCLUSIVA E FACILITAÇÃO DAS ATIVIDADES DE INCLUSÃO.

Elaborar um plano de formação continuada dos professores que trabalham em


Descrição da educação especial, em escolas do campo, em comunidades quilombolas e em
Subação: comunidades indígenas contendo nome do profissional e demanda específica por
formação.
Estratégia de Mapeamento por formação continuada dos profissionais em educação especial, em
Implementação: escolas do campo, em comunidades quilombolas e em indígenas.
Programa: Outros

Sub-Ação Unidade de Medida: diagnóstico(s)


Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: fevereiro até dezembro

12 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Descrição da Oferecer curso de formação continuada para os professores que trabalham nas
Subação: escolas do campo.
Estratégia de
Curso de formação continuada para professores que atuam nas escolas do campo.
Implementação:
Programa: SECAD - Formação para Diversidade - Educação do Campo
Unidade de Medida: professor(es)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 20 20 20 20 80
Quantidades e
Cronograma Físico agosto fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
agosto fevereiro fevereiro fevereiro

Descrição da Oferecer curso presencial de formação continuada para os professores que


Subação: trabalham na educação especial.
Curso de formação continuada para professores, presencial, sobre princípios e
Estratégia de
fundamentos da educação especial na perspectiva da educação inclusiva, pelo
Implementação:
Programa Educação Inclusiva: Direito à Diversidade.
Programa: SEESP - Programa Educação Inclusiva: Direito à Diversidade
Unidade de Medida: professor(es)
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 4 4 4 4 16
Cronograma Físico Cronograma setembro janeiro até janeiro até janeiro até
Físico: até março dezembro dezembro dezembro

Descrição da Oportunizar a discussão dos conceitos e conteúdos trabalhados no processo de


Subação: formação dos professores e sua transposição para o espaço escolar.
Estratégia de Reunião pedagógica com a equipe escolar (coordenadores, professores e outros) e
Implementação: observação dos planos das escolas.
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 4 4 4 4 16
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Área 4 - Formação inicial e continuada de professores da Educação Básica para cumprimento da Lei 10.639/03
1 - Existência e implementação de políticas para a formação inicial e continuada de professores, que visem a
Indicador
implementação da Lei 10.639 de 09 de janeiro de 2003.
Critério / 1 - Quando não existem políticas voltadas para a formação inicial e continuada dos professores visando o
Pontuação cumprimento da Lei 10.639/03.
O município optou pelo critério 01 por não haver conhecimento da Lei por parte dos profissionais da educação do
Justificativa município, logo não há políticas voltadas para a formação inicial e continuada dos professores visando o
cumprimento desta Lei.

13 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Demanda
1. Criação e implementação de políticas para formação inicial e continuada de professores visando o cumprimento
para Redes
da Lei 10.639/03;2. Adequação do currículo ao cumprimento da Lei 10.639/03.
Municipais

Demanda: Municipal
Desenvolver plano de formação continuada de professores da educação básica
Descrição da Ação:
visando ao cumprimento da Lei 10.639/03.
Nome do
RITA DE CÁSSIA OLIVEIRA DA FONSECA
Responsável:
Ação Cargo do
TÉCNICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 01/03/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado DIVULGAR OS CONHECIMENTOS REFERENTES À LEI À COMUNIDADE
Esperado: ESCOLAR COMO UM TODO.

Elaborar um plano de formação para os professores da rede em cursos de História e


Descrição da
Cultura Afro-brasileira e Africana, mobilizando e sensibilizando a comunidade escolar
Subação:
para a implantação da Lei 10.639/03.
Estratégia de Mapeamento por formação continuada dos profissionais da rede, considerando a Lei
Implementação: 10.639, de 9 de janeiro de 2003.
Programa: Outros
Unidade de Medida: diagnóstico(s)
Sub-Ação
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: março até dezembro

Descrição da Implantar um plano de aquisição de materiais e equipamentos pedagógicos de


Subação: suporte ao processo didático de implantação da Lei 10.639/03.
Aquisição de materiais e equipamentos pedagógicos de suporte ao processo
Estratégia de
didático de implantação da Lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, para os cursistas do
Implementação:
Curso em Educação das Relações Étino-raciais.
Programa: SECAD - Formação para Diversidade - Educação das Relações Étnico-raciais
Unidade de Medida: kit(s) de material
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 6 6 0 0 12
Cronograma Físico Cronograma agosto até fevereiro até
Físico: agosto fevereiro

Descrição da Oferecer curso de formação continuada para os professores da rede em História e


Subação: Cultura Afro-brasileira e Africana.
Estratégia de Curso de aperfeiçoamento, a distância, para professores em História e Cultura
Implementação: Afro-brasileira e Africana.
Programa: SECAD - Formação para Diversidade - Educação das Relações Étnico-raciais
Unidade de Medida: professor(es)
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 6 6 0 0 12
Cronograma Físico Cronograma agosto até fevereiro até
Físico: agosto fevereiro

14 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Área 5 - Formação do Profissional de Serviços e apoio Escolar


Indicador 1 - Grau de participação dos profissionais de serviços e apoio escolar em programas de qualificação específicos.
Critério / 1 - Quando menos de 10% das escolas da rede possuem pelo menos 1 profissional de serviço e apoio escolar que
Pontuação participa ou participou de programas de qualificação, voltados para gestão escolar.
Justificativa Falta oferta de cursos voltados para qualificação do pessoal de serviços e apoio escolar.

Demanda 1. Desenvolvimento de um programa de qualificação do pessoal de serviços e apoio escolar;2. Incentivo à


participação dos profissionais em atividades de qualificação;3. Oferta de oportunidades de qualificação para o
para Redes
pessoal de serviços e apoio escolar com priorização de oportunidades de qualificação para o pessoal efetivo;4.
Municipais
Recursos financeiros para implementação de alternativas de qualificação profissional.

Demanda: Municipal
Promover a participação dos profissionais de serviço e apoio escolar em programas
Descrição da Ação:
de formação inicial e continuada.
Nome do
FRANCISCA LUÍZA DE MEDEIROS ARAÚJO
Responsável:
Ação Cargo do
TÉCNICA ADMINISTRATIVA DA ZONA RURAL
Responsável:
Período Inicial: 01/02/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado MELHORIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS, AUTOESTIMA DOS
Esperado: PROFISSIONAIS E EVOLUÇÃO NO DESEMPENHO PROFISSIONAL.

Elaborar um plano de formação continuada dos profissionais de serviço e apoio


Descrição da
escolar das escolas da rede, contendo nome do profissional e demanda específica
Subação:
por formação.
Estratégia de Mapeamento por formação inicial e continuada para os profissionais de serviço e
Implementação: apoio escolar.
Programa: Outros
Unidade de Medida: diagnóstico(s)
Sub-Ação
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: fevereiro até dezembro

Descrição da Oferecer curso de formação para os profissionais de serviço e apoio escolar das
Subação: escolas da rede em programas de qualificação voltados para alimentação escolar.
Estratégia de Curso semipresencial de formação para os profissionais de serviço e apoio escolar
Implementação: por meio do Profuncionário - Alimentação Escolar.
Profuncionário - Curso Técnico de Formação para os Funcionários da Educação
Programa:
(Alimentação Escolar)
Unidade de Medida: funcionário(s)
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 16 16 16 16 64
Cronograma Físico Cronograma agosto até fevereiro fevereiro fevereiro
Físico: fevereiro até agosto até agosto até agosto

Descrição da Oferecer curso de formação para os profissionais de serviço e apoio escolar das
Subação: escolas da rede em programas de qualificação voltados para gestão escolar.
Sub-Ação
Estratégia de Curso semipresencial de formação para os profissionais de serviço e apoio escolar
Implementação: por meio do Profuncionário - Gestão Escolar.

15 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Profuncionário - Curso Técnico de Formação para os Funcionários da Educação


Programa:
(Gestão Escolar)
Unidade de Medida: funcionário(s)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 8 8 8 8 32
Cronograma Físico Cronograma agosto até fevereiro fevereiro fevereiro
Físico: fevereiro até agosto até agosto até agosto

Descrição da Oferecer curso de formação para os profissionais de serviço e apoio escolar das
Subação: escolas da rede em programas de qualificação voltados para multimeios didáticos.
Estratégia de Curso semipresencial de formação para os profissionais de serviço e apoio escolar
Implementação: por meio do Profuncionário - Multimeios Didáticos.
Profuncionário - Curso Técnico de Formação para os Funcionários da Educação
Programa:
(Multimeios Didáticos)
Unidade de Medida: funcionário(s)
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 8 8 8 8 32
Cronograma Físico Cronograma agosto até fevereiro fevereiro fevereiro
Físico: fevereiro até agosto até agosto até agosto

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Dimensão 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Dimensão 3 - Práticas Pedagógicas e Avaliação


Área 1 - Elaboração e Organização das práticas pedagógicas
2 - Reuniões pedagógicas e horários de trabalhos pedagógicos, para discussão dos conteúdos e metodologias de
Indicador
ensino.
2 - Quando ocorrem reuniões e horários de trabalhos pedagógicos, esporadicamente, para discussão de
Critério /
conteúdos e metodologias de ensino, mas estas não contam com a participação de todos os professores. Estas
Pontuação
reuniões/horários não estão previstos no calendário escolar.
As reuniões são promovidas, entretanto, não contam com a participação de todos os professores. Os mesmos não
Justificativa dispõem de horários para essas atividades e elas não são previstas em calendário, com exceção dos
planejamentos bimestrais.
Demanda
1. Implantação das reuniões no calendário escolar;2. Exigência do cumprimento do Plano de Cargos e Salários no
para Redes
tocante a este item (extra-regência).3. Viabilizar a infra-estrutura necessária para acontecimento das reuniões.
Municipais

Demanda: Municipal
Implantar um calendário com reuniões, preferencialmente semanais, para discussão
Descrição da Ação:
dos conteúdos e metodologias de ensino.
Nome do
MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA SILVA
Responsável:
Cargo do
Ação COORDENADORA DE ESCOLA
Responsável:
Período Inicial: 01/05/2008
Período Final: 30/11/2011
MAIOR ARTICULAÇÃO E INTEGRAÇÃO ENTRE PROFESSORES E EQUIPE
Resultado
PEDAGÓGICA E UNIFICAÇÃO DE UMA LINHA METODOLÓGICA PARA A TODA A
Esperado:
REDE DE ESCOLAS MUNICIPAIS AMPLAMENTE DISCUTIDA E APROVADA.

16 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Descrição da Acompanhar sistematicamente a realização das reuniões para discussão de


Subação: conteúdos e metodologias de ensino.
Estratégia de Reuniões com os professores para discussão de conteúdos e metodologias de
Implementação: ensino.
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 80 80 80 80 320
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma maio até
até até até
Físico: dezembro
dezembro dezembro dezembro

Buscar subsídios para orientar as escolas para elaboração de estratégia de inserção


Descrição da dos temas de diversidade sexual e igualdade de gênero, defesa dos direitos de
Subação: crianças e adolescentes em situação de violência, educação em direitos humanos e
educação em saúde nas atividades pedagógicas.
Estudo de material instrucional para elaboração de estratégias de inserção dos
Estratégia de temas de diversidade sexual e igualdade de gênero, defesa dos direitos de crianças
Implementação: e adolescentes em situações de violência, educação em direitos humanos e
educação em saúde nas atividades pedagógicas.
Programa: SECAD - Direitos Humanos
Sub-Ação
Unidade de Medida: kit(s) de material
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: fevereiro até dezembro

Descrição da Elaborar e divulgar para a comunidade escolar um calendário com reuniões, com
Subação: periodicidade definida.
Estratégia de Reuniões com conselhos escolares e comunidade escolar, produção e distribuição
Implementação: de boletins informativos.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 1 1 1 1 4
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma maio até
até até até
Físico: dezembro
dezembro dezembro dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 3 - Estímulo às práticas pedagógicas fora do espaço escolar


2 - Quando a SME e as escolas prevêem, mas não dão condições para a realização de práticas pedagógicas fora
Critério /
do espaço escolar; as atividades ficam restritas a algumas visitas e não envolvem a integração com a comunidade
Pontuação
do entorno.
A SME e as escolas prevêem a realização dessas atividades, mas não tem condições de estimular por falta de
Justificativa
estrutura para realização das mesmas (transporte, principalmente).
Demanda
1. Aquisição de ônibus escolares;2. Contratação de pessoal suficiente;3. Dotação financeira que possibilite o
para Redes
incentivo a essas atividades.
Municipais

17 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Demanda: Municipal
Promover a execução das práticas pedagógicas alternativas previstas no
Descrição da Ação:
planejamento das escolas e secretaria.
Nome do
MARIA DAS GRAÇAS OLIVEIRA BEZERRA
Responsável:
Cargo do
Ação PROFESSORA DA ZONA URBANA
Responsável:
Período Inicial: 01/08/2008
Período Final: 30/12/2011
MAIOR INTEGRAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR COM A SOCIEDADE CIVIL ,
Resultado
INCENTIVO ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS FORA DA ESCOLA E MELHOR
Esperado:
SISTEMATIZAÇÃO DESSAS PRÁTICAS.

Descrição da Acompanhar a execução das práticas pedagógicas alternativas previstas no


Subação: planejamento das escolas e SME.
Sistema de supervisão de execução das práticas pedagógicas alternativas previstas
Estratégia de
no planejamento das escolas e SME, e reuniões com diversos segmentos da
Implementação:
comunidade escolar.
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 2 4 4 4 14
Quantidades e
Cronograma Físico setembro
Cronograma março até março até março até
até
Físico: dezembro dezembro dezembro
dezembro

Descrição da
Construir um calendário anual de práticas pedagógicas alternativas fora da escola.
Subação:
Estratégia de Elaboração de um calendário anual de práticas pedagógicas alternativas fora da
Implementação: escola a partir de reuniões com os diversos segmentos da comunidade escolar.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 1 1 1 1 4
Quantidades e
Cronograma Físico setembro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
setembro dezembro dezembro dezembro

Descrição da Identificar as necessidades de recursos financeiros para executar práticas


Subação: pedagógicas alternativas fora da escola e elaborar orçamento.
Estratégia de
Levantamento e análise de dados.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: diagnóstico(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: agosto até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

18 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Indicador 4 - Existência de programas de incentivo à leitura, para o professor e o aluno.


Critério /
1 - Quando não existem programas especiais de estímulo à leitura.
Pontuação
Não existem programas especiais de estímulo à leitura, apesar de ocorrer ações isoladas em algumas escolas
Justificativa
somente para o aluno.
Demanda 1. Criação de um programa municipal de incentivo à leitura;2. Apoio técnico para criação de um programa de
para Redes incentivo à leitura;3. Estrutura didática atualizada (bilblioteca com livros, revistas, etc.);4. Capacitação específica
Municipais para os professores na área de leitura;5. Desenvolvimento de metodologias pedagógicas que incentive a leitura.

Demanda: Municipal
Implantar programas de incentivo à leitura, em especial, apoio pedagógico às escolas
Descrição da Ação: do campo que atendem a Educação Infantil e os anos iniciais do EF (classes
multisseriadas).
Nome do
MARIA DE FÁTIMA LIMA DAS CHAGAS
Responsável:
Ação
Cargo do
PROFESSORA DA ZONA RURAL
Responsável:
Período Inicial: 01/05/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado DESENVOLVER NA CRIANÇA O GOSTO E A PRÁTICA PELA LEITURA NAS
Esperado: SÉRIES INICIAIS E NO ENSINO INFANTIL NAS ESCOLAS DO CAMPO.

Descrição da Monitorar os programas de incentivo à leitura implementados nas escolas da rede de


Subação: ensino.
Estratégia de
Reuniões com os parceiros e comunidade escolar.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 6 8 8 8 30
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

2 - Avaliação da aprendizagem dos alunos e tempo para assistência individual/coletiva aos alunos que apresentam
Área
dificuldade de aprendizagem.
Indicador 1 - Formas de avaliação da aprendizagem dos alunos
2 - Quando os professores geram o conceito final considerando somente os elementos informativos; os elementos
Critério /
formativos são, por vezes, utilizados em atividades interdisciplinares; não há estímulo à auto-avaliação e são raras
Pontuação
as atividades interdisciplinares.
Nas séries finais os professores utilizam somente os aspectos informativos, e nas séries iniciais usam além destes
Justificativa os elementos formativos. Não há estímulo à auto-avaliação e as atividades interdisciplinares ocorrem em raros
momentos.
Demanda 1. Revisão teórico-prática das concepções de avaliação;2. Desenvolvimento de uma metodologia de avaliação
para Redes para todo o município que privilegie os elementos informativos e formativos no processo;3. Desenvolver um sistema
Municipais de avaliação que inclua outros instrumentos de avaliação além dos já existentes.

Demanda: Municipal
Incluir como componente da política educacional, o estímulo à auto-avaliação e as
Descrição da Ação:
práticas interdisciplinares.

Ação Nome do
MARIA IVANEIDE DE OLIVEIRA
Responsável:
Cargo do
DIRETORA ESCOLAR DA ZONA URBANA
Responsável:

19 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Período Inicial: 20/01/2011


Período Final: 30/12/2011
DIVERSIFICAR OS INSTRUMENTOS AVALIATIVOS, MELHORAR O
Resultado
DESEMPENHO DOS ALUNOS DE FORMA INTERDISCIPLINAR E ESTIMULAR O
Esperado:
TRABALHO COLETIVO.

Descrição da
Orientar as escolas a incluírem a auto-avaliação dos alunos no PP.
Subação:
Estratégia de
Reuniões com segmentos da comunidade escolar.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 10 0 0 0 10
Cronograma Físico
Cronograma Físico: fevereiro até dezembro

Descrição da
Qualificar profissionais da rede nas áreas de currículo e avaliação.
Subação:
Estratégia de Curso de aperfeiçoamento nas áreas de currículo e avaliação por meio da Rede de
Implementação: Formação.
Rede Nacional de Formação Continuada de Professores da Educação Básica -
Programa:
Aperfeiçoamento - Currículo e Avaliação
Unidade de Medida: professor(es)
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 8 8 8 8 32
Quantidades e
Cronograma Físico agosto fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
agosto fevereiro fevereiro fevereiro

Descrição da
Subsidiar as escolas na organização do currículo de forma interdisciplinar.
Subação:
Estratégia de Estudo de material instrucional sobre currículo e avaliação, reuniões com a
Implementação: comunidade escolar.
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 20 10 10 10 50
Cronograma Físico Cronograma fevereiro até abril até abril até abril até
Físico: dezembro dezembro dezembro dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

2 - Utilização do tempo para assistência individual/coletiva aos alunos que apresentam dificuldade de
Indicador
aprendizagem.
Critério / 1 - Quando a escola não oferece tempo para assistência individual e/ou coletiva aos alunos que apresentam
Pontuação dificuldade de aprendizagem.
O direito a assistência individual e/ou coletiva não é informada aos alunos e pais e não é oferecida, pois não
Justificativa
existem recursos humanos nem espaço físico para esse tipo de atividade.

20 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Demanda
1. Estruturação física das escolas;2. Contratação de pessoal;3. Dotação financeira para desenvolvimento dessas
para Redes
atividades.
Municipais

Demanda: Municipal
Orientar as escolas a incluírem no PP oferta do tempo para assistência individual e/ou
coletiva aos alunos que apresentam dificuldade de aprendizagem durante o ano
Descrição da Ação: letivo, e tempo de atendimento educacional especializado dos alunos com
deficiência, transtornos globais de desenvolvimento ou altas habilidades/
superdotação
Nome do
MARIA AUXILIADORA DE FREITAS
Responsável:
Ação
Cargo do
PROFESSORA DA ZONA URBANA
Responsável:
Período Inicial: 02/05/2008
Período Final: 30/12/2008
MAIOR ASSISTÊNCIA AOS ALUNOS COM DIFICULDADES NO APRENDIZADO,
Resultado
DIMINUIÇÃO DO ÍNDICE DE EVASÃO E REPETÊNCIA E DA DISTORÇÃO IDADE-
Esperado:
SÉRIE.

Acompanhar sistematicamente a proposta de assistência individual e/ou coletiva aos


Descrição da
alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem, com deficiência, transtornos
Subação:
globais de desenvolvimento ou altas habilidades/ superdotação.
Visitas às escolas para acompanhar a implementação da proposta de assistência
Estratégia de individual e/ou coletiva aos alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem,
Implementação: com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento ou altas habilidades/
superdotação.
Programa: Outros

Sub-Ação Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)


Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 4 6 6 6 22
Cronograma Físico Cronograma agosto até maio até maio até maio até
Físico: dezembro dezembro dezembro dezembro

Descrição da Divulgar à comunidade escolar a existência do tempo de apoio aos alunos com
Subação: dificuldades de aprendizagem caso necessitem.
Estratégia de
Material informativo e reuniões com a comunidade escolar.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 1 1 1 1 4
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Oferecer condições às escolas para que os professores possam efetivamente


Descrição da atender, individualmente ou em grupo, os alunos com dificuldades de aprendizagem,
Subação: com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento ou altas habilidades/
superdotação.
Estratégia de Adequação de espaço, material de ensino e disponibilização de tempo e formação
Implementação: para os docentes realizarem o atendimento.
Sub-Ação
Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Executadas pelo município

21 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 10 10 10 0 30
Cronograma Físico Cronograma maio até março até março até
Físico: dezembro dezembro dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 4 - Política específica de correção de fluxo


Critério /
1 - Quando não existem políticas definidas para correção de fluxo.
Pontuação
Apenas ocorreram ações isoladas em algumas escolas, não se estendendo a outras escolas e nem sendo aplicado
Justificativa
sistematicamente em todas a rede.
Demanda
1. Criação de uma política específica para a correção de fluxo;2. Apoio técnico para desenvolvimento de técnicas e
para Redes
conhecimentos;3. Desenvolvimento de uma nova metodologia mais atraente e motivadora para os alunos.
Municipais

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Definir e implementar políticas para correção de fluxo.
Nome do
ANA MARIA OLIVEIRA DA SILVA
Responsável:
Cargo do
Ação PROFESSORA DA ZONA RURAL
Responsável:
Período Inicial: 01/04/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado
CORREÇÃO DAS DISTORÇÕES IDADE-SÉRIE.
Esperado:

Descrição da Desenvolver atividades para reverter a situação de fracasso escolar por meio de
Subação: programa de correção de fluxo escolar.
Estratégia de Implantação de programa de correção de fluxo escolar, pré-qualificado pelo Ministério
Implementação: da Educação e disponilbilizado no Guia de Tecnologias Educacionais/SEB.
Programa: Guia de Tecnologias Educacionais - Programa de Correção de Fluxo Escolar
Unidade de Medida: aluno(s)
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 100 100 50 0 250
Cronograma Físico Cronograma fevereiro até fevereiro até fevereiro até
Físico: dezembro dezembro dezembro

Oferecer subsídios técnicos para as escolas e qualificar professores e outros


Descrição da
profissionais da educação para desenvolverem atividades de prevenção da distorção
Subação:
idade-série.
Estratégia de Estudo, seminários e palestras para os professores e gestores sobre correção do
Implementação: fluxo escolar.
Programa: Outros
Unidade de Medida: professor(es)
Sub-Ação
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 200 0 0 0 200
Cronograma Físico
Cronograma Físico: abril até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

22 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Dimensão 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Dimensão 4 - Infra-Estrutura Física e Recursos Pedagógicos


Área 1 - Instalações físicas gerais
Indicador 1 - Biblioteca: instalações e espaço físico
Critério / 1 - Quando as instalações da biblioteca são totalmente inadequadas para o acervo e para realização de estudos.
Pontuação Ou quando não existe biblioteca.
Justificativa A maioria das escolas da rede não possuem bibliotecas.
Demanda 1. Construção de espaço físico adequado para a construção de bibliotecas;2. Aquisição de acervo bibliográfico
para Redes para as bibliotecas escolares;3. Contratação de pessoal;4. Capacitação de pessoal para trabalhar nas bibliotecas
Municipais escolares;5. Aquisição de mobiliário e equipamentos necessários para funcionamento das escolas.

Demanda: Municipal
Adequar ou construir as instalações da biblioteca, adotando os padrões mínimos e a
Descrição da Ação: acessibilidade, considerando, ainda, as especificidades das escolas indígenas e do
campo.
Nome do
VALQUÍRIA FERNANDES LEMOS
Responsável:
Ação
Cargo do
REPRESENTANTE DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado
IMPLANTAÇÃO DE BIBLIOTECAS EM TODAS AS ESCOLAS DA REDE.
Esperado:

Descrição da Elaborar um plano plurianual de adequação e/ou construção de bibliotecas escolares


Subação: adotando os padrões mínimos e considerando a acessibilidade.
Estratégia de Elaboração do plano plurianual de adequação e/ou construção a partir das
Implementação: orientações do Manual dos Padrões Mínimos de Funcionamento das Escolas.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: junho até dezembro

Descrição da
Estimar os custos da adequação e/ou construção das bibliotecas.
Subação:
Estratégia de Estimativa de custos de adequação e/ou construção da biblioteca de cada unidade
Implementação: escolar com a prioridade de intervenção e disponibilidade de recursos.
Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 30 0 0 0 30
Cronograma Físico
Cronograma Físico: junho até dezembro

Descrição da Estimar os custos para aquisição do mobiliário e equipamentos necessários para a


Subação: biblioteca de cada unidade escolar.
Sub-Ação Estimativa de custos de aquisição do mobiliário e equipamentos necessários para a
Estratégia de
biblioteca de cada unidade escolar com a prioridade de atendimento e
Implementação:
disponibilidade de recursos.

23 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 30 0 0 0 30
Cronograma Físico
Cronograma Físico: junho até dezembro

Descrição da Qualificar a equipe da SME para aplicação do Levantamento da Situação Escolar


Subação: (LSE) e análise dos resultados obtidos.
Curso de capacitação dos técnicos da SME utilizando o material informativo/
Estratégia de
instrucional do LSE (e o respectivo CD-Rom com o sistema informatizado) e os
Implementação:
manuais de Padrões Mínimos de Funcionamento das Escolas.
Programa: LSE - Levantamento da Situação Escolar
Unidade de Medida: servidor(es) da SME
Sub-Ação
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 2 0 0 0 2
Cronograma Físico
Cronograma Físico: janeiro até dezembro

Descrição da Realizar levantamento da situação escolar, inclusive nas escolas indígenas e do


Subação: campo.
Estratégia de
Aplicação do Levantamento da Situação Escolar (LSE).
Implementação:
Programa: LSE - Levantamento da Situação Escolar
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: janeiro até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 3 - Existência e conservação de quadra de esportes


Critério /
1 - Quando nenhuma escola da rede possui quadra de esportes.
Pontuação
Apenas uma escola possuía uma estrutura de quadra de esportes, porém, a mesma encontra-se em condições
Justificativa
precárias de utilização, fato que não permite uso para as atividades esportivas escolares.
Demanda
1. Construção de quadras poliesportivas para a rede municipal de escolas;2. Aquisição de materiais esportivos;3.
para Redes
Capacitação de profissionais para desenvolvimento de atividades esportivas.
Municipais

Demanda: Municipal
Implantar gradativamente espaços adequados para as práticas desportivas dos
Descrição da Ação: alunos, a partir das orientações do Manual de Padrões Mínimos, inclusive nas escolas
indígenas e do campo
Nome do
FÁBIO ROBERTO ABREU SANTIAGO
Responsável:
Ação
Cargo do
DIRETOR ESCOLAR
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2011

24 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Resultado CRIAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE ESPAÇOS FÍSICOS PARA AS PRÁTICAS


Esperado: DESPORTIVAS DOS ALUNOS, IMPLEMENTANDO O LAZER E O SOCIAL.

Descrição da Elaborar um plano plurianual de adequação e/ou construção de quadras de esportes


Subação: adotando os padrões mínimos e considerando a acessibilidade.
Estratégia de Elaboração do plano plurianual de adequação e/ou construção a partir das
Implementação: orientações do Manual dos Padrões Mínimos de Funcionamento das Escolas.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Descrição da
Estimar os custos da adequação e/ou construção de quadras de esportes.
Subação:
Estratégia de Estimativa de custos de adequação e/ou construção de quadras de esportes de cada
Implementação: unidade escolar com a prioridade de intervenção e disponibilidade de recursos.
Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 30 0 0 0 30
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 4 - Existência e condições de funcionamento da cozinha e refeitório


2 - Quando parte das escolas da rede possuem cozinha, mas estas não estão devidamente equipadas; o estado de
Critério /
conservação dos equipamentos é ruim; os espaços para o armazenamento dos alimentos são pouco adequados;
Pontuação
as escolas não dispõem de refeitório.
Todas as escolas têm cozinha, mas não são espaços adequados, não se encontram devidamente equipadas e não
Justificativa
dispõem de refeitório.
Demanda
1. Reforma para adequação dos espaços;2. Aquisição de equipamentos;3. Construção de refeitórios;4.
para Redes
Disponibilização de recursos financeiros para manutenção da estrutura.
Municipais

Demanda: Municipal
Dotar gradativamente todas as escolas de cozinha e refeitório, de acordo com os
Descrição da Ação:
critérios definidos no anual de Padrões Mínimos definidos para a rede.
Nome do
FRANCISCA NÚBIA OLIVEIRA BEZERRA
Responsável:
Ação Cargo do
TÉCNICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado
ADEQUAÇÃO DAS COZINHAS DE PELO MENOS 50% DAS ESCOLAS DA REDE.
Esperado:

Elaborar um plano plurianual de adequação de cozinhas e refeitórios das escolas e


Descrição da
para aquisição de mobiliário e equipamentos, adotando os padrões mínimos e
Subação:
considerando a acessibilidade.

Sub-Ação Elaboração do plano plurianual de adequação das cozinhas e refeitórios e para


Estratégia de
aquisição de mobiliário e equipamentos, a partir das orientações do Manual dos
Implementação:
Padrões Mínimos de Funcionamento das Escolas.
Programa: Outros

25 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Unidade de Medida: documento(s)


Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Descrição da
Estimar os custos da adequação das cozinhas e refeitórios das escolas da rede.
Subação:
Estratégia de Estimativa de custos de adequação da cozinha e do refeitório de cada unidade
Implementação: escolar, com a prioridade de intervenção e disponibilidade de recursos.
Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 15 0 0 0 15
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Descrição da Estimar os custos para aquisição dos equipamentos necessários para a cozinha e
Subação: para o refeitório de cada unidade escolar.
Estimativa de custos de aquisição de equipamentos necessários para a cozinha e
Estratégia de
refeitório de cada unidade escolar, com a prioridade de atendimento e
Implementação:
disponibilidade de recursos.
Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Sub-Ação
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 15 0 0 0 15
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 5 - Salas de aula: instalações físicas gerais e mobiliário


Critério / 2 - Quando as instalações para o ensino atendem, minimamente, as dimensões para o número de alunos, a
Pontuação acústica, iluminação, ventilação e limpeza. O mobiliário está em péssimas condições de utilização.
As instalações atendem em parte as dimensões para o número de alunos, bem como o mobiliário encontra-se
Justificativa
parcialmente conservado.
Demanda
1. Construção de escolas;2. Aquisição de mobiliário;3. Ampliação e reforma das salas nas escolas existentes.4.
para Redes
Adequação dos espaços existentes.
Municipais

Demanda: Municipal
Adequar as instalações gerais para o ensino a partir de padrões mínimos e
acessibilidade a serem adotados pela rede, observando as condições da estrutura
Descrição da Ação:
física e a existência de espaços pedagógicos nas escolas do campo que atendam a
Educação Infantil e os Anos Iniciais do Ensino Fundamental.
Nome do
Responsável:
Ação
Cargo do
Responsável:
Período Inicial:
Período Final:
Resultado
Esperado:

26 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Descrição da
Construir unidade de Educação Infantil - projeto do Proinfância.
Subação:
Estratégia de Construção de unidades escolares específicas para o atendimento da Educação
Implementação: Infantil (0 a 5 anos e 8 meses), adotando o padrão do Proinfância.
Proinfância - Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos
Programa:
para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Assistência financeira do MEC

Sub-Ação Instituição Parceira


(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico: junho até dezembro
Quantidades e
2007 2008 2009 2010 2011
Cronograma Físico
Valor Unitário: 0,00 966.485,09 0,00 0,00 0,00
2007 2008 2009 2010 2011 Total
Valores Anuais: 0,00 966.485,09 0,00 0,00 0,00 966.485,09

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 966.485,09 0,00 0,00 0,00 966.485,09

Indicador 6 - Condições de acesso para pessoas com deficiência física


Critério / 1 - Quando as instalações das escolas são totalmente inadequadas às condições de acesso para PcD. Ausência
Pontuação de um planejamento da SME.
Justificativa Nenhuma escola possui instalações adequadas às condições de acesso para PcD.
Demanda
para Redes 1. Adequação dos espaços escolares a PcD;2. Disponibilidade de recursos para construção e reforma.
Municipais

Demanda: Municipal
Incluir como componente da política educacional, a adequação dos espaços
Descrição da Ação:
escolares às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
Nome do
ROSILENE DA COSTA BEZERRA RAMOS
Responsável:
Ação Cargo do
TÉCNICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado
ADEQUAR TODAS AS UNIDADES ESCOLARES E GARANTIR A INCLUSÃO.
Esperado:

Descrição da Elaborar um plano plurianual de adequação dos espaços escolares às pessoas com
Subação: deficiência ou mobilidade reduzida e para aquisição de mobiliário e equipamentos.
Elaboração do plano plurianual de adequação dos espaços escolares às pessoas
Estratégia de
com deficiência ou mobilidade reduzida e para aquisição de mobiliário e
Implementação:
equipamentos.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: setembro até dezembro

Descrição da Estimar os custos da adequação dos espaços escolares às pessoas com deficiência
Subação: ou mobilidade reduzida.

Sub-Ação Estimativa de custos de adequação dos espaços escolares às pessoas com


Estratégia de
deficiência ou mobilidade reduzida, de cada unidade escolar, com a prioridade de
Implementação:
intervenção e disponibilidade de recursos.

27 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 30 0 0 0 30
Cronograma Físico
Cronograma Físico: setembro até dezembro

Descrição da Estimar os custos para aquisição de mobiliário e equipamentos necessários para as


Subação: pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
Estratégia de Estimativa de custos para aquisição de mobiliário e equipamentos necessários para
Implementação: as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 30 0 0 0 30
Cronograma Físico
Cronograma Físico: setembro até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 7 - Adequação, manutenção e conservação geral das instalações e equipamentos


Critério / 2 - Quando menos de 50% das instalações e equipamentos das escolas são adequados ao fim a que se destinam
Pontuação e estão em bom estado de conservação.
Nem todas as escolas possuem instalações adequadas. Apesar de mais de 50% das escolas está em bom estado
Justificativa de conservação, mais de 50% dos estabelecimentos de ensino não têm os equipamentos em bom estado de
conservação.
Demanda
1. Adequação dos espaços escolares;2. Aquisição de equipamentos adequados e em quantidade necessária para
para Redes
atendimento das demandas.
Municipais

Demanda: Municipal
Definir e implementar gradativamente padrões mínimos de funcionamento para todas
Descrição da Ação:
as escolas da rede.
Nome do
FRANCISCA NÚBIA DE OLIVEIRA BEZERRA
Responsável:
Ação Cargo do
TÉCNICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 01/03/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado TODAS AS ESCOLAS ESTEJAM FUNCIONANDO COM PADRÃO DE
Esperado: FUNCIONAMENTO MÍNIMO EXIGIDO.

Estimar os custos da implementação gradativa de padrões mínimos de


Descrição da
funcionamento para todas as escolas da rede, inclusive com fornecimento de energia
Subação:
elétrica e água.
Estimativa de custos para a implementação gradativa de padrões mínimos de
Estratégia de
funcionamento para todas as escolas da rede, inclusive com fornecimento de energia
Implementação:
elétrica e água.
Programa: Outros
Sub-Ação
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

28 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 30 0 0 0 30
Cronograma Físico
Cronograma Físico: agosto até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 966.485,09 0,00 0,00 0,00 966.485,09

Área 2 - Integração e Expansão do uso de Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação Pública


1 - Existência de computadores ligados à rede mundial de computadores e utilização de recursos de informática
Indicador
para atualização de conteúdos e realização de pesquisas.
Critério / 2 - Quando parte das escolas da rede possuem apenas um computador ligado à rede mundial de computadores,
Pontuação cada; sua utilização fica restrita à direção e à secretaria da escola.
Apenas três escolas possui computadores conectados à internet. Dentre estas apenas uma disponibiliza
Justificativa equipamentos para os estudantes, noutros dois estabelecimentos o equipamento está apenas à disposição da
direção e secretaria.
Demanda
para Redes 1. Aquisição de computadores com conexão à internet.
Municipais

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Implantar política de inserção das escolas na rede mundial de computadores.
Nome do
FÁBIO ROBERTO ABREU SANTIAGO
Responsável:
Cargo do
Ação DIRETOR ESCOLAR
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado DOTAR 80% DAS ESCOLAS DA REDE DE EQUIPAMENTOS INTERLIGADA À
Esperado: REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES.

Descrição da
Elaborar plano de inserção das escolas na rede mundial de computadores (internet).
Subação:
Estratégia de
Documento com definição da demanda, parcerias, estratégias e custos.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: maio até julho

Descrição da Implantar um programa de conexão para as escolas com laboratório de Informática


Subação: (acesso internet).
Estratégia de Conexão das escolas com laboratório de Informática à rede mundial de
Implementação: computadores (internet) por meio da parceria ProInfo-Gesac.
Programa: Proinfo - Banda Larga nas Escolas e Gesac
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 6 6 6 6 24
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

29 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Descrição da
Qualificar a equipe da SME para aplicação de questionário do Proinfo.
Subação:
Estratégia de
Estudo de material informativo/ instrucional do ProInfo.
Implementação:
Programa: Proinfo - Programa Nacional de Tecnologia Educacional
Unidade de Medida: kit(s) de material
Sub-Ação Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 10 0 0 0 10
Cronograma Físico
Cronograma Físico: janeiro até dezembro

Descrição da Realizar levantamento das escolas, incluindo as escolas do campo, que dispõem de
Subação: equipamento de informática em condições de acessar a internet.
Visita às escolas para aplicação do questionário do Proinfo para coleta de dados
Estratégia de
sobre os equipamentos de informática disponíveis e as condições para acessar a
Implementação:
internet.
Programa: Outros
Unidade de Medida: diagnóstico(s)
Sub-Ação
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: abril até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 2 - Existência de recursos audiovisuais


Critério / 2 - Quando parte das escolas da rede possui apenas TV e vídeo, em sala não específica e os materiais didáticos
Pontuação disponíveis não são atualizados.
Apenas uma parte das escolas possui equipamentos audiovisuais, mas não dispõe de salas específicas e não
Justificativa
dispõe de materiais atualizados.
Demanda
para Redes 1. Construção de salas específicas;2. Aquisição de equipamentos;3. Capacitação sobre uso dos equipamentos.
Municipais

Demanda: Municipal
Implantar gradativamente, sala de vídeo nas escolas da rede com materiais didáticos
Descrição da Ação:
atualizados.
Nome do
FÁBIO ROBERTO ABREU SANTIAGO
Responsável:
Ação Cargo do
DIRETOR ESCOLAR
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado DOTAR AS ESCOLAS DA REDE DE EQUIPAMENTOS MULTIMÍDIA E MATERIAIS
Esperado: DIDÁTICOS ATUALIZADOS.

Descrição da Qualificar os professores para operação e utilização adequada do material didático


Subação: das salas de vídeo.
Estratégia de Curso de aperfeiçoamento de professores para operação e utilização adequada do
Implementação: material didático das salas de vídeo.

Sub-Ação Programa de Formação Continuada Mídias na Educação (formação continuada para


Programa:
o uso pedagógico das tecnologias da informação e da comunicação)
Unidade de Medida: professor(es)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC

30 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 6 6 5 5 22
Quantidades e
Cronograma Físico agosto fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
agosto fevereiro fevereiro fevereiro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

3 - Recursos Pedagógicos para o desenvolvimento de práticas pedagógicas que considerem a diversidade das
Área
demandas educacionais
Indicador 1 - Suficiência e diversidade do acervo bibliográfico
Critério / 2 - Quando o acervo é inadequado para uma ou mais etapas de ensino; não atende necessidades dos alunos e
Pontuação professores.
Justificativa Não há acervo no município para todas as etapas e ensino e não há quantidade suficiente para atender a demanda.
Demanda
para Redes 1. Aquisição de acervo bibliográfico para todas as etapas de ensino que contemple alunos e professores.
Municipais

Demanda: Municipal
Elaborar plano para ampliação do acervo bibliográfico (de referência e literatura) para
as escolas da rede e incentivar a produção de material específico para as escolas do
Descrição da Ação:
campo - em consideração a sua diversidade cultural e regional e das comunidades
remanescentes de quilombos.
Nome do
MARIA DAS GRAÇAS OLIVEIRA BEZERRA
Responsável:
Ação
Cargo do
REPRESENTANTE DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 20/11/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado AQUISIÇÃO DE ACERVO COMPLETO QUE ABRANJA TODAS ETAPAS DE
Esperado: ENSINO NAS ESCOLAS DA REDE.

Disseminar a utilização entre professores e alunos de acervo bibliográfico de


Descrição da referência nas áreas de diversidade sexual e igualdade de gênero, defesa dos
Subação: direitos de crianças e adolescentes em situações de violência, educação em direitos
humanos, educação em saúde, entre outros temas.
Estratégia de
Divulgação do Portal Domínio Público (http://www.dominiopublico.gov.br/).
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 1 1 1 1 4
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Descrição da Elaborar um plano para ampliação do acervo bibliográfico (de referência e literatura)
Subação: para as escolas da rede.
Estratégia de Elaboração um plano para ampliação do acervo bibliográfico (de referência e
Implementação: literatura) para as escolas da rede.
Sub-Ação
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Executadas pelo município

31 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: agosto até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 2 - Existência, suficiência e diversidade de materiais pedagógicos (mapas, jogos, dicionários, brinquedos)
2 - Quando parte (menos de 50%) das escolas da rede possui materiais pedagógicos diversos (mapas, jogos,
Critério / dicionários, brinquedos), porém a quantidade existente não atende a necessidade de alunos e professores. Ou
Pontuação Quando parte das escolas da rede possui apenas materiais como mapas e dicionários, em quantidade insuficiente
para atender alunos e professores e não dispõem de materiais lúdicos (jogos e brinquedos).
Apenas três escolas da rede dispõem de materiais pedagógicos, ainda assim o material existente é insuficiente
Justificativa
para a demanda.
Demanda
para Redes 1. Aquisição de materiais em quantidade suficiente para atender a demanda das 30 escolas da rede.
Municipais

Demanda: Municipal
Elaborar plano de aquisição de materiais didáticos diversos (mapas, jogos,
Descrição da Ação:
dicionários, brinquedos) para todas as escolas da rede.
Nome do
NÚBIA MENDES PAIVA DA FONSECA
Responsável:
Ação Cargo do
SUPERVISORA ESCOLAR
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2011
Resultado DISPONIBILIDADE DE MATERIAIS DIDÁTICOS DIVERSOS PARA TODAS AS
Esperado: ESCOLAS DA REDE.

Descrição da Adquirir materiais didáticos diversos (mapas, jogos, brinquedos) para as escolas da
Subação: rede.
Estratégia de Aquisição de materiais didáticos diversos (mapas, jogos, brinquedos) para as
Implementação: escolas da rede.
Programa: Kit Pedagógico - SEB
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Assistência técnica do MEC
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 11 11 11 11 44
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma agosto até
até até até
Físico: dezembro
dezembro dezembro dezembro

Descrição da Elaborar um plano de aquisição de materiais didáticos diversos (mapas, jogos,


Subação: brinquedos) para as escolas da rede.
Estratégia de Elaboração um plano de aquisição de materiais didáticos diversos (mapas, jogos,
Implementação: brinquedos) para as escolas da rede.
Programa: Outros
Unidade de Medida: documento(s)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: julho até dezembro

32 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

4 - Existência e utilização de recursos pedagógicos que considerem a diversidade racial, cultural, de pessoas com
Indicador
deficiência.
Critério / 1 - Quando os recursos pedagógicos existentes não consideram a diversidade racial, cultural e de pessoas com
Pontuação necessidades educacionais especiais.
Não existe nenhuma escola da rede que possua materiais pedagógicos que trabalhe e considere a diversidade
Justificativa
racial, cultural e de pessoas com necessidades educacionais especiais.
Demanda
1. Aquisição de materiais pedagógicos que permitam a implementação de uma política educacional que contemple
para Redes
a diversidade racial, cultural e de pessoas com deficiência.
Municipais

Demanda: Municipal
Elaborar política pedagógica que considere e valorize a diversidade racial, cultural,
Descrição da Ação:
deficiência e altas habilidades/ superdotação.
Nome do
RITA DE CÁSSIA DE OLIVEIRA OLIVEIRA DA FONSECA
Responsável:
Cargo do
Ação TÉCNICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Responsável:
Período Inicial: 20/01/2008
Período Final: 30/12/2010
IMPLEMENTAÇÃO DE UMA POLÍTICA DE INCLUSÃO SOCIAL QUE VALORIZE A
Resultado
DIVERSIDADE RACIAL, CULTURAL, DEFICIÊNCIA E ALTAS HABILIDADES
Esperado:
/SUPERDOTAÇÃO NA REDE DE ESCOLAS MUNICIPAIS.

Elaborar uma política pedagógica que considere e valorize a diversidade racial,


Descrição da cultural, deficiência e altas habilidades/ superdotação, incluindo um plano de
Subação: aquisição, distribuição e reposição de recursos pedagógicos adequados para as
escolas da rede.
Elaboração um plano de aquisição, distribuição e reposição anual de equipamentos e
Estratégia de
materiais pedagógicos para as escolas da rede, que considere e valorize a
Implementação:
diversidade racial, cultural e de pessoas com deficiência.
Programa: Outros
Sub-Ação Unidade de Medida: documento(s)
Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e
Quantidades: 0 1 0 0 0 1
Cronograma Físico
Cronograma Físico: agosto até dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Indicador 5 - Confecção de materiais didáticos diversos


2 - Quando professores, coordenadores/supervisores pedagógicos e alunos, eventualmente confeccionam
Critério /
materiais didáticos e pedagógicos diversos. A SME não estimula essa prática; não oferece cursos de capacitação
Pontuação
nem os recursos materiais necessários.
A confecção de materiais didáticos e pedagógicos ocorre eventualmente em algumas escolas, sem estímulo da
Justificativa Sercretaria Municipal de Educação que não oferece cursos e materiais necessários por insuficiência de recursos
financeiros para atender a demanda municipal.
1. Aquisição de materiais para a confecção de recursos didáticos e pedagógicos que atendam a demanda de
Demanda
todas as escolas da rede;2. Desenvolvimento de uma política de incentivo à prática de realização de oficinas para
para Redes
criação de materiais didáticos e pedagógicos;3. Capacitação de pessoal para a produção de materiais didáticos e
Municipais
pedagógicos;4. Implantar uma brinquedoteca (com espaço físico) em todas as escolas do município.

Demanda: Municipal
Descrição da Ação: Estimular a prática da confecção de materiais didáticos.
Nome do
Ação MARIA EERINALDA SILVA FERNANDES
Responsável:
Cargo do
REPRESENTANTE DOS CONSELHOS ESCOLARES
Responsável:

33 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

Período Inicial: 20/01/2008


Período Final: 30/12/2011
Resultado ENRIQUECER O ACERVO DE MATERIAL DIDÁTICO-PEDAGÓGICO, ESTIMULAR
Esperado: A RECICLAGEM E DESENVOLVER O MELHOR APRENDIZADO DO ALUNO.

Descrição da
Disseminar as experiências exitosas de confecção e uso de materiais didáticos.
Subação:
Estratégia de
Encontros entre as equipes escolares.
Implementação:
Programa: Outros
Unidade de Medida: reunião(ões)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 2 2 2 2 8
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Descrição da Dotar as escolas dos recursos materiais necessários (papéis, tesoura, cola etc.) para
Subação: confecção dos materiais didáticos.
Estratégia de Distribuição de materiais para a confecção dos recursos didáticos a todas as
Implementação: escolas, acordo com a demanda apresentada por cada uma.
Programa: Outros
Unidade de Medida: unidade(s) escolar(es)
Forma de Execução Executadas pelo município
Sub-Ação
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades: 0 22 22 22 22 88
Quantidades e
Cronograma Físico fevereiro fevereiro fevereiro fevereiro
Cronograma
até até até até
Físico:
dezembro dezembro dezembro dezembro

Descrição da Qualificar os professores e os coordenadores/ supervisores para confecção de


Subação: materiais didáticos.
Estratégia de Qualificação de professores e coordenadores/ supervisores para confecção de
Implementação: materiais didáticos.
Programa: Outros
Unidade de Medida: professor(es)
Sub-Ação Forma de Execução Executadas pelo município
Instituição Parceira
(se houver):

2007 2008 2009 2010 2011 Total


Quantidades e Quantidades: 0 100 100 0 0 200
Cronograma Físico Cronograma fevereiro até fevereiro até
Físico: dezembro dezembro

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Indicador 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por Área 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Total Geral 2007 2008 2009 2010 2011 Total


por
Dimensão 0,00 966.485,09 0,00 0,00 0,00 966.485,09

Total Geral

34 de 35 29/11/2008 14:27
http://simec.mec.gov.br/cte/relatoriopublico/principal.php?system=sint...

2007 2008 2009 2010 2011 Total


0,00 966.485,09 0,00 0,00 0,00 966.485,09

35 de 35 29/11/2008 14:27