Anda di halaman 1dari 1

IDEAL

Por Ianara Teixeira, administradora, especialista em meio ambiente e consultora em marketing.

Sabe aqueles dias em que voc acorda com o p esquerdo? Sempre procurei no levar esse pensamento muito a srio, mas tem dias.... Acordar com aquela sensao de que no deveria sair da cama, no incio da semana horrvel e fica pior quando os acontecimentos insistem em ser negativos para confirmar o que temamos. Saibam que existe algo pior... Pois , essa sensao num incio de semana, alm de comum, podemos dizer que tambm passageira, Graas a Deus! O pior realmente, nos tempos

Essas idias lembram os ditados dos povos que insistimos em chamar de antigos, como por exemplo, esses dois: No faa aos outros o que no gostaria que fizessem a voc ou O teu direito termina, onde comea o do outro. Onde isso vai parar.... Ou melhor, quando vai parar? Ser que iremos esperar o fim do mundo e da vida que conhecemos? Devemos reivindicar nossos direitos? Claro que sim! Mas porque no

O teu direito termina, onde comea o do outro.

respeitamos o direito dos outros? Porque no respeitamos a natureza e os animais dos quais depende a nossa sobrevivncia?

de hoje, saber que algo ou tudo est tendenciosamente indo para o caminho errado. Fica ento a questo: ser que existe certo e errado atualmente? O que certo para mim, tambm certo para os outros? Como posso identificar na sociedade atual o certo e o errado?

Enquanto uns tentam incessantemente melhoras, outros cruzam os braos, outros agridem e muitos ignoram. O desabafo no serve para alertar ou sensibilizar quem quer que seja, ele apenas significa a continuidade de um ideal, um ideal de justia social, sustentabilidade e amor pela vida.