Anda di halaman 1dari 11

LOGÍSTICA

1ª.UNIDADE
 
1- Conceitos  Básicos
    Noções Preliminares
    Análise histórica
    Missão
             
2- Planejamento Logístico
    Ciclo de Decisões
    Decisões Estratégicas
    Decisões Táticas
    Decisões Operacionais
 
3- Cadeia Logística
     Estrutura
     Evolução da Logística
     Participação da Logística na Economia
     Logística no Brasil
                        
4.   Apresentação individual de estudo de Caso (TED)

UNIDADE 1. A Cadeia de valor e a Logística Elementos da Cadeia de valor A importância da Gestão de Custos A Cadeia de Valor Análise da Cadeia de valor                          4. Trade-off logístico Conceito Evolução   3.LOGÍSTICA 2ª.   Apresentação individual de estudo de Caso (TED) .Demanda Avaliação dos impactos da demanda nãoatendida Parceria: Fornecedor e Varejista   2. Nível de Serviço Logístico Fatores Críticos Equilíbrio: Oferta .

   Apresentação individual de estudo de Caso (TED) .LOGÍSTICA 3ª. Distribuição física: Conceitos e Condicionantes Modalidades de Transportes Componentes do Sistema de distribuição Custos na distribuição 3. Canais de Distribuição Conceito Tipos e Funções Propriedades dos canais de distribuição Definindo os canais de Distribuição   2. UNIDADE   1. Controle de Estoques Razões para manter estoques Características básicas Conceitos e Técnicas                          4.

.Carga fracionada.Lotação completa. .LOGÍSTICA Assuntos da aula:  Distribuição Física Conceitos e Condicionantes  Modalidades de transporte na distribuição de produtos Transporte Rodoviário .

LOGÍSTICA  Distribuição Física  - Objetivo É o de levar os produtos certos para os lugares certos. pelo  menor custo possível.  no momento certo e com nível de serviço desejado. .   A distribuição física cobre os segmentos que vão desde  a saída do produto na fábrica até a sua entrega final ao  consumidor.

LOGÍSTICA - Modalidades de transporte na distribuição de produtos ● Transporte intermodal: Conjugação de duas ou mais  modalidades sem maiores preocupações além da  simples integração física. digamos garanhus. descarregado no porto de  Recife e de lá ser transportado por caminhão até seu  destino final.   .  Ex. Um produto é pode ser embarcado num navio de  cabotagem no Rio de Janeiro.

 de programação  (horários combinados. seguro. cumprimento dos mesmos. ou operador logístico. etc. de conhecimento ( o documento de  despacho que acompanha a carga). de  cobrança de frete e demais despesas. e outros. faz a escolha  das modalidades de forma integrada.LOGÍSTICA ● Transporte Multimodal: Designa muito mais do que uma simples inter-relação física:  envolve a integração de responsabilidades (integridade da  carga. O agente de transporte. etc. .). cotejando os possíveis  ganhos de custo e as exigências de prazos e de segurança  necessárias.).

No caso da carga fracionada.LOGÍSTICA Transporte Rodoviário - Lotação completa: carregamento completo. a operação mais comum é  formada por diversas etapas a saber: . ● - Carga fracionada: a capacidade do veículo é compartilhada  com a carga de dois ou mais embarcadores. Operacionalmente não há grandes diferenças entre essas  duas formas de transporte de cargas. ou seja. o  veículo é carregado totalmente com um lote de despacho.

Essas etapas podem envolver mais operações. Distribuição local com entrega da mercadoria ao cliente  final. Transporte do lote até o centro de distribuição local da  transportadora.LOGÍSTICA Apanha do lote a ser transportado no depósito do cliente. . rotulagem e triagem da  mercadoria segundo os diversos destinos. Descarregamento. Descarregamento. verificação e triagem da mercadoria  segundo os destinos finais. verificação. Transferência da mercadoria até a cidade de destino.

A razão é óbvia: as quantidades transportadas são maiores. seja ele da própria  industria. Há três ganhos principais de custo: a)O veículo é em geral maior. de um atacadista/distribuidor ou de um varejista. totalmente  lotado.  favorecendo a seleção de um veículo maior.LOGÍSTICA -Lotação completa: A escolha predominante na transferência de produtos entre  a fábrica e um centro de distribuição. com custo mais baixo por  unidade transportada. .

a carga é melhor arrumada dentro do veículo. com maior aproveitamento do espaço. c) Eliminam-se inúmeras operações intermediárias descritas anteriormente.LOGÍSTICA b) Por ser mais homogênea. com expressiva redução dos custos de movimentação da carga. com exceção de locais muito remotos. . reduzindo assim o custo unitário. Um das grandes vantagens do transporte rodoviário é o de alcançar praticamente qualquer ponto do território nacional.