Anda di halaman 1dari 21

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMODISCIPLINA:

ARQUITETURA SUSTENTÁVEL E BIOCLIMÁTICA

AULA 05

METODOLOGIA DO PROJETO SUSTENTÁVEL ESTRATÉGIAS DO PROJETO

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMODISCIPLINA: ARQUITETURA SUSTENTÁVEL E BIOCLIMÁTICA AULA 05

PROFESSOR: CLODOMIR BARROS MSc: Desenvolvimento Urbano MSc: Engenharia Ambiental

METODOLOGIA PROJETUAL

-

AULA 03

CONCEITO

Investigação;

processo

de

pesquisa

organizado

lógica

e

sistematicamente: método dedutivo. Ordem; razão ou planificação que determina ou organiza certa atividade.

ETIMOLOGICAMENTE

Método é a forma de proceder ao longo de um caminho para alcançar um objetivo pré estabelecido.

Do GREGO

META: ao longo

THODO: Caminho

MÉTODO – Caminho longo

METODOLOGIA PROJETUAL - AULA 03 CONCEITO  Investigação; processo de pesquisa organizado lógica e sistematicamente: método

METODOLOGIA PROJETUAL

-

AULA 03

METODOLOGIA PROJETUAL - AULA 03

METODOLOGIA PROJETUAL

-

AULA 03

Um método é um procedimento regular, explícito e passível de ser repetido para conseguir-se alguma coisa, seja material ou conceitual. O conceito de método se consolida com o nascer da ciência moderna. A ciência natural moderna nasce com Galileu, que não se conforma com a observação pura e tampouco com a conjectura arbitrária, mas propõe hipóteses e as submete a prova experimental. (BURNE, 1974).

Dizemos que uma investigação procede de acordo com o método científico se cumpre, ou ao menos se propõe a cumprir, as seguintes etapas:

Descobrimento do Problema. Colocação precisa do problema. Procura de conhecimentos ou instrumentos relevantes ao problema. Tentativa da solução com auxílio dos meios identificados.

Invenção de novas idéias ou produção de novos dados empíricos que prometam resolver o problema.

Obtenção de uma solução (exata ou aproximada) do problema. Investigação das conseqüências da solução obtida. Prova da solução (fim se satisfatório). Correção das hipóteses (recomeço).

METODOLOGIA DO PROJETO SUSTENTÁVEL

-

AULA 03

Em arquitetura, o processo de criação não possui métodos rígidos ou universais entre profissionais, muito embora existam algumas abordagens metodológicas que podem ser atestadas e também alguns procedimentos comuns entre projetistas.

O processo de criação é complexo e pouco externado pelo profissional de arquitetura. O campo projetivo arquitetônico situa-se numa área intermediária entre ciência e arte, tendo que responder a questões não perfeitamente definidas e permitindo múltiplas abordagens.

Há subáreas (representação da forma, história e teoria de construções e estudo das estruturas, entre outras) que se desenvolvem de maneira independente, cada uma com um tipo de dialeto, sendo necessário integrá- las na concepção do projeto. O campo também possui o conhecimento universal para fazer normas e padronizações e o conhecimento específico para cada caso.

Assim sendo, todo problema é único e terá uma resposta diferenciada.

METODOLOGIA DO PROJETO SUSTENTÁVEL

-

AULA 03

Pode-se considerar o processo de projeto como um conjunto de atividades intelectuais básicas, organizadas em fases de características e resultados distintos. Essas atividades são análise, síntese, previsão, avaliação e decisão. Na prática, algumas atividades podem ser realizadas através da intuição, algumas de forma consciente e outras a partir de padrões ou normas (LANG,

1974).

A metodologia de projeto, como um procedimento organizado para transportar o processo de criação a certo resultado, procura racionalizar as atividades criativas e apoiar o projetista para a solução de problemas.

No projeto de edificações, é papel do projetista apresentar não um universo de soluções, mas aquelas que, em princípio, atendam ao programa do cliente nos aspectos funcionais e técnicos e ao enfoque econômico.(ROSSO, 1980)

METODOLOGIA DO PROJETO SUSTENTÁVEL

-

AULA 03

O método do projeto arquitetônico é extremamente importante durante o processo de concepção da edificação. A metodologia projetual proporciona uma otimização do tempo e das etapas de trabalho, possibilitando um melhor resultado final, materializado pelo projeto e pela obra. (CUNHA,2006).

As soluções apresentadas são hierarquizadas através de etapas distintas do projeto entre a análise e a decisão (processo projetual), e auxiliam o desenvolvimento das etapas o processo cognitivo e a representação gráfica, apoiados no repertorio técnico, artístico e perceptivo do arquiteto.

METODOLOGIA DO PROJETO SUSTENTÁVEL

-

AULA 03

Função do arquiteto

Solucionar problemas de espaço

Arquitetos

e

urbanistas,

devido

a

sua

formação acadêmica e de sua relação com

outras profissões

afins

ou

não,

são

responsáveis

pela

produção

do

espaço

construído, é papel do arquiteto antes

de

tudo, ser um agente catalisador

na

transformação dos anseios de uma

sociedade

e

em

gerador

de

elementos

construídos nos espaços habitados.

METODOLOGIA DO PROJETO SUSTENTÁVEL - AULA 03 Função do arquiteto Solucionar problemas de espaço Arquitetos e
METODOLOGIA DO PROJETO SUSTENTÁVEL - AULA 03 Função do arquiteto Solucionar problemas de espaço Arquitetos e

METODOLOGIA PROJETUAL

-

AULA 03

METODOLOGIA PROJETUAL - AULA 03

METODOLOGIA PROJETUAL

-

AULA 03

LÚCIO COSTA.

Ao

elaborar

um

projeto

procuro

dividir

meu

trabalho

em

duas

partes:

Interesses Subjetivos (sonhos e desejos) e Necessidades Objetivas.

INTERESSES SUBJETIVOS

A

fim

de conhecer os reais interesses e desejos dos clientes procuro

inicialmente assumir uma postura mais passiva que ativa: INTUIR, SENTIR E OBSERVAR.

Essa postura me possibilita conciliar os desejos do cliente com aspectos técnicos indispensáveis na elaboração do projeto. O cuidado e o respeito com cada uma das partes possibilitará um resultado mais harmônico do todo.

NECESSIDADES OBJETIVAS

Consiste em equilibrar as percepções iniciais com Aspectos:

- Funcionais (necessidades, desejos, utilidade e condições financeiras), - Ambientais (condicionantes geográficas, Leis e Normas, técnicas construtivas) e - Estéticos (contexto cultural, sentimento individual, estilos e preferências).

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO

ANÁLISE

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO PROBLEMA DE ESPAÇO CLIENTE ARQUITETO RESOLVER

SINTESE

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO PROBLEMA DE ESPAÇO CLIENTE ARQUITETO RESOLVER

AVALIAÇÃO

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO PROBLEMA DE ESPAÇO CLIENTE ARQUITETO RESOLVER

DECISÃO

PROBLEMA DE ESPAÇO

CLIENTE
CLIENTE

ARQUITETO

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO PROBLEMA DE ESPAÇO CLIENTE ARQUITETO RESOLVER
RESOLVER O ESPAÇO
RESOLVER
O ESPAÇO
METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO PROBLEMA DE ESPAÇO CLIENTE ARQUITETO RESOLVER

Conhecer o Problema
Identificar o Problema
Coletar Informações

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO PROBLEMA DE ESPAÇO CLIENTE ARQUITETO RESOLVER
NECESSIDADES
NECESSIDADES
POSSIBILIDADES
POSSIBILIDADES

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO

ANÁLISE

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO Coletar Informações Necessidades Funcionais Herança Cultural

SINTESE

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO Coletar Informações Necessidades Funcionais Herança Cultural

AVALIAÇÃO

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO Coletar Informações Necessidades Funcionais Herança Cultural

DECISÃO

Coletar Informações

METODO DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ARQUITETO ANÁLISE SINTESE AVALIAÇÃO DECISÃO Coletar Informações Necessidades Funcionais Herança Cultural

Necessidades

Funcionais

Herança

Cultural

Características do Lugar

Recursos

Disponíveis

METODO DO DESENVOLVIMENTO – MÉTODO CÍCLICO

COLETA DE INFORMAÇÕES

METODO DO DESENVOLVIMENTO – MÉTODO CÍCLICO COLETA DE INFORMAÇÕES Necessidades Funcionais Características do Lugar Herança Cultural

Necessidades

Funcionais

Características do Lugar

Herança Cultural COGNIÇÃO Recursos
Herança
Cultural
COGNIÇÃO
Recursos

Disponíveis

METODO DO DESENVOLVIMENTO – MÉTODO CÍCLICO COLETA DE INFORMAÇÕES Necessidades Funcionais Características do Lugar Herança Cultural
METODO DO DESENVOLVIMENTO – MÉTODO CÍCLICO COLETA DE INFORMAÇÕES Necessidades Funcionais Características do Lugar Herança Cultural

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PROCESSO COGNITIVO

1 – NECESSIDADES FUNCIONAIS

  • 1.1 NATUREZA DO ESPAÇO

  • 1.2 FUNÇÃO DO ESPAÇO

  • 1.3 CONSTITUIÇÃO DO ESPAÇO

  • 1.4 OUTROS FATORES

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO

1.0 NECESSIDADES FUNCIONAIS

1.1 – NATUREZA DO ESPAÇO

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO 1.0 NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.1 – NATUREZA DO ESPAÇO 1.1.1 Uso
  • 1.1.1 Uso dos Espaços

Hospital

Restaurante

  • Residência

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO 1.0 NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.1 – NATUREZA DO ESPAÇO 1.1.1 Uso

Quarto

Quarto Dormir
Quarto Dormir

Dormir

Sala

Vestir

Cozinha

  • 1.1.2 Funcionamento do Espaço

Relação da função e do fluxo a se desenvolver no espaço

Relação do cômodo com a função

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO 1.0 NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.1 – NATUREZA DO ESPAÇO 1.1.1 Uso

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO

NECESSIDADES FUNCIONAIS

1 – NATUREZA DO ESPAÇO

  • 1.1.3 Constituição física

Alvenaria Madeira Concreto
Alvenaria
Madeira
Concreto

Tipologia da estrutura

  • Aparente

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO NECESSIDADES FUNCIONAIS 1 – NATUREZA DO ESPAÇO 1.1.3 Constituição física
  • 1.1.4 Outros Fatores

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO NECESSIDADES FUNCIONAIS 1 – NATUREZA DO ESPAÇO 1.1.3 Constituição física
Água Instalações Energia Telefone Gás Subjetividade
Água
Instalações
Energia
Telefone
Gás
Subjetividade

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO

NECESSIDADES FUNCIONAIS

1.2 – DIMENSIONAMENTO DO ESPAÇO

1.2.1 Dimensionamento

A relação depende das necessidades

Dimensão, área necessária para que o espaço a ser agenciado atenda as necessidades em questão.

Dimensionamento do espaço

Sala Quarto
Sala
Quarto
Cozinha Banheiro
Cozinha
Banheiro
METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.2 – DIMENSIONAMENTO DO ESPAÇO 1.2.1 Dimensionamento A
METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.2 – DIMENSIONAMENTO DO ESPAÇO 1.2.1 Dimensionamento A
METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.2 – DIMENSIONAMENTO DO ESPAÇO 1.2.1 Dimensionamento A
METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.2 – DIMENSIONAMENTO DO ESPAÇO 1.2.1 Dimensionamento A

16.00 m2

15.00 m2

9.00

m2

5.00

m2

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO NECESSIDADES FUNCIONAIS 1.2 – DIMENSIONAMENTO DO ESPAÇO 1.2.1 Dimensionamento A

Quarto

  • cama

  • guarda roupa

  • circulação

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO

2.0 HERANÇA CULTURAL

Informações inerentes ao agenciador e ao usuário do espaço

2.1 – ASPECTOS MORFOLOGICOS

Na percepção do problema ver a natureza e perceptível do objeto arquitetônico

  • A) Constituição física

  • B) Aspectos Materiais

  • C) Técnicas construtivas

  • D) Geometrização

  • E) Distribuição dos espaços

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO

2.0 HERANÇA CULTURAL

Informações inerentes ao agenciador e ao usuário do espaço

2.2 – ASPECTOS SENSITIVOS

Conjunto de condições materiais e morais

  • A) Ambiente

  • B) Domínio espiritual

  • C) Subjetividades

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO

3.0 CARACTERISTICAS DO SÍTIO (DO LUGAR)

  • 3.1 Posição Geográfica

  • 3.2 Aspectos Físicos do sítio

  • 3.3 Entorno

  • 3.4 Aspectos Climáticos

  • 3.5 Aspectos infraestruturais

METODO DO DESENVOLVIMENTO – PENSAMENTO COGNITIVO

4.0 RECURSOS DISPONÍVEIS

  • 4.1 Recursos Humanos

  • 4.2 Recursos Materiais

  • 4.3 Recursos Financeiros