Anda di halaman 1dari 5

Curso Profissional de Tcnico de Turismo

AGNCIAS DE
VIAGENS

Disciplina: Operaes Tcnicas em Empresas Tursticas


OBJECTIVO
S:
1. Definio de AVT;

2. Cdigo de conduta das AVTs;

3. O impacto da Internet nas AVT


s;

4. Artigo sobre sites das AVTs.


1- DEFINIO:
Uma agncia de viagens uma empresa privada
que trabalha como intermediria entre os seus
clientes e determinados prestadores de servios
tursticos (Empresas areas, hotis, cruzeiros...),
com o objectivo de vender produtos e servios relacionados com essas viagens
a um preo e com determinadas condies especialmente atractivas em relao
com as que se poderia conseguir ao dirigir-se directamente a esses
provedores.

A companhia britnica Cox & Kings, criada em 1758,


a agncia de viagem mais antiga do mundo e Thomas
Cook um de seus mais notveis pioneiros, pelo seu
planeamento desde 1841 de excurses religiosas em
grupo. Em qualquer caso, as agncias de viagem
desenvolveram-se, sobre tudo, a partir dos anos vinte,
com o desenvolvimento da aviao comercial.
2- CDIGO DE CONDUTA
DAS AVTS:
Garantia tcnico-administrativa:

As Agncias de Viagens devero dispor dos meios humanos e


tecnolgicos, nomeadamente telemticos, adequados a um
elevado grau de satisfao do pblico que recorre aos seus
servios.

Promover uma constante formao profissional e uma poltica


de gesto de recursos humanos que induza motivao e
empenho profissionais.
Oferta de servios:

Os servios disponveis nas Agncias de Viagens devem resultar de uma


reflectida seleco profissional, assente na qualidade, segurana e preo,
encontrando-se correctamente identificados o organizador da viagem e os
diferentes prestadores de servios.
Dever de auxlio:

Quando ocorra prestao deficiente dos servios contratados, a Agncia


de Viagens procurar obter por todos os meios ao seu alcance junto do
prestador de servios, a clere e completa reparao dos danos sofridos pelo
cliente.

Dever de confidencialidade:

A Agncia de Viagens obrigada a manter sigilo da viagem por si vendida


e/ou organizada.

Intrusismo:

As Agncias de Viagens devem ser obrigadas a


denunciar perante a APAVT as entidades ou pessoas
que, embora no se encontrando devidamente
credenciadas e licenciadas para o fazer, prestam,
servios que apenas podem ser efectuados pelos
Agentes de Viagens.