Anda di halaman 1dari 28

FÍSICA 1

AULA – 03
Prof. Reginaldo
Várzea Grande/MT
Algarismo Significativos
Objetivo da aula:

• Expressar medidas com o número correto de


algarismos significativos.
Observe a figura
Você saberia informar qual seria a leitura informada ?

14,???????????
Assim, temos:
Resolução de Exercícios:

Paginas 15 a 17
AULA - 4
Várzea Grande/MT
O QUE SE ESTUDA NA CINEMÁTICA
Segundo o Wikipédia.
Cinemática (do grego κινημα, movimento)
é o ramo da física que se ocupa da
descrição dos movimentos dos corpos,
sem se preocupar com a análise de suas
causas (Dinâmica).
Geralmente trabalha-se aqui
com partículas ou pontos materiais,
corpos em que todos os seus pontos se
movem de maneira igual e em que são
desprezadas suas dimensões em relação
ao problema.
I- CONCEITOS BÁSICOS DE CINEMÁTICA

1. Cinemática: É a parte da mecânica que estuda os movimentos


dos corpos ou partículas sem se levar em conta o que os causou.

2. Ponto Material (partícula):

São corpos de dimensões desprezíveis comparadas com outras


dimensões dentro do fenômeno observado.

Um automóvel é um ponto
material em relação a
rodovia BR 101.

Prof. Reginaldo Campos 8


I- CONCEITOS BÁSICOS DE CINEMÁTICA

3. Corpo Extenso
São corpos cujas dimensões não podem ser desprezadas
comparadas com outras dimensões dentro do fenômeno observado.
Por exemplo:

um automóvel em relação a uma garagem.


I- CONCEITOS BÁSICOS DE CINEMÁTICA

Atenção!! Observe que ser ponto


material ou corpo extenso
depende do referencial de
observação
O que é Referencial ?

O observador A, dentro do avião, vê o pacote caindo ao longo de uma


reta. Para o observador B, a trajetória do pacote é curvilínea.

Prof. Reginaldo Campos 11


I- CONCEITOS BÁSICOS DE CINEMÁTICA

4. Movimento, repouso e referencial

Diremos que um móvel está em movimento em relação


a certo referencial quando o móvel sofre um
deslocamento em relação ao mesmo referencial, isto é,
quando há uma variação da posição do móvel em
função do tempo decorrido.
I- CONCEITOS BÁSICOS DE CINEMÁTICA

4. Movimento, repouso e referencial

É possível haver movimento em relação a certo referencial


sem que o móvel se aproxime ou se afaste do mesmo. É o
caso de um móvel em movimento circular, quando o
referencial adotado é o centro da trajetória. Sua posição
(vetor) varia com o tempo, mas a distância do móvel em
relação ao centro da trajetória não varia.
I- CONCEITOS BÁSICOS DE CINEMÁTICA

5. Trajetória
É o conjunto dos pontos ocupados pelo móvel no correr de seu
movimento.

Com relação à trajetória você deve saber que:

a) A trajetória determina uma das características do movimento.


Poderemos ter movimentos retilíneos, circulares, parabólicos etc.,
em função da trajetória seguida pelo móvel.

b) A trajetória depende do referencial adotado. No caso de um


corpo solto de um avião que se move horizontalmente com
velocidade constante, para um observador fixo ao solo, a trajetória
é parabólica, ao passo que para o piloto a trajetória é considerada
uma reta.
I- CONCEITOS BÁSICOS DE CINEMÁTICA
Posição de um móvel e sua
trajetória

A posição do carro no instante t 5 0 é S 5 30 km e no instante t 5 1,0 h é S 5 80 km.

Variação do espaço Variação do Tempo

Prof. Reginaldo Campos 16


Exemplo 1
(PUC-SP) Leia com atenção a tira da Turma da Mônica abaixo e analise as
afirmativas que se seguem, considerando os princípios da Mecânica
Clássica.

Está(ão) correta(s):
I. Cascão está em movimento em relação ao skate e também em relação ao Cebolinha.

II. Cascão está em repouso em relação ao skate, mas em movimento em relação ao Cebolinha.

III. Em relação a um referencial fixo fora da Terra, Cascão jamais pode estar em repouso.

Prof. Reginaldo Campos 17


Espaço, deslocamento, velocidade e
tempo no MRU

Prof. Reginaldo Campos 18


Conversão de km/h para
m/s
As duas formas mais comuns de representação da velocidade são em km/h
(kilometro por hora) e m/s (metro por segundo). Mas quanto vale 1 m/s em km/h?

Prof. Reginaldo Campos 19


Exemplo 2
Um carro se desloca de Florianópolis – SC a Curitiba – PR. Sabendo que a
distância entre as duas cidades é de 300 km e que o percurso iniciou as 7 horas e
terminou ao meio dia, calcule a velocidade média do carro durante a viagem:

Prof. Reginaldo Campos 20


II- Movimento Retilíneo Uniforme

O movimento de um corpo é chamado retilíneo uniforme


quando a sua trajetória for uma reta e ele efetuar
deslocamentos iguais em intervalos de tempos iguais. Isso
significa que a sua velocidade é constante e diferente de
zero.
II- Movimento Retilíneo Uniforme , e,

Características:

v V CTE  0
  
 v a  0 (a c  0 e a t  0)
v deslocamentos iguais em tempos iguais.

x
Velocidade: V
t

Função Horária: x  x0  V.t


Classificação do Movimento

Prof. Reginaldo Campos 23


Gráfico espaço x tempo (S x t)

Em qualquer movimento uniforme, o gráfico espaço percorrido x tempo de


percurso (S x t) é uma reta.
Prof. Reginaldo Campos 24
Gráfico Velocidade x tempo (V x
t)

Prof. Reginaldo Campos 25


Gráfico Velocidade x tempo (V x
t)

O movimento uniforme representado no gráfico velocidade x tempo (v x t) é uma


reta paralela ao eixo horizontal (dos tempos), e a área sob este gráfico fornece o
valor do espaço percorrido (ΔS).

Prof. Reginaldo Campos 26


Inclinação do gráfico

A inclinação do gráfico S x t para um


movimento uniforme nos fornece o valor da
velocidade desse movimento, isto é:

Prof. Reginaldo Campos 27


Exercícios propostos

Em Sala – 09, 10 e 11

Tarefa para casa – página 33 a


35
Prof. Reginaldo Campos 28