Anda di halaman 1dari 22

LINGUÍSTICA TEXTUAL:

Texto e contexto
Profª. Ma. Bruna Barbosa
Leitura, cotexto e contexto

 A leitura é um processo complexo que requer a mobilização de um vasto


conjunto de saberes;
 Subjacente a essa concepção de leitura, encontra-se o pressuposto
segundo o qual um sentido de um texto não existe a priori, mas é
construído na interação sujeitos-texto. Assim sendo, na e para a produção
de sentido necessário se faz levar em conta o contexto.
Leitura, cotexto e contexto

 Os significados que devem se tornar explícitos depende, em larga escala,


do uso que o produtor do texto fizer dos fatores contextuais. Tanto na fala
como na escrita, os produtores fazem uso de uma multiplicidade de
recursos, muito além das simples palavras que compõem as estruturas.
 Contexto linguístico – o contexto: orienta a leitura.
Menino cheio de coisa

Vejam só: aos nove anos e três meses de idade, Serginho está deitado embaixo das
cobertas com uma calça de veludo de duzentos e vinte reais, camiseta de quarenta e
cinco, tênis que pisa quando encosta no solo, óculos de sol com lentes amarelas, taco
de beisebol, jaqueta de náilon lilás, boné da Nike, bola de futebol de campo tamanho
oficial, dois times de futebol de botão, CD dos Tribalistas, joystick, Gameboy, uma caixa
de bombom de cereja ao licor, dois sacos de jujuba, um quebra-cabeça de mil e
quinhentas peças, um modelo em escala do “F” cento e dezessete (desmontado),
chocolate para uma semana, três pacotes de batatinha frita (novidade, com orégano),
dois litros de refrigerante com copo de canudinho combinando, quatro segmentos retos
e quatro curvos de pista de autorama, dois trenzinhos (um de pilha e um de corda),
controle remoto, duas raquetes de pingue-pongue, duas canecas do Mickey e nem
adianta seu pai, do outro lado da porta trancada pelo menino emburrado, dizer que sua
mãe já volta.
(BONASSI, Fernando. 12 mar. 2005. Folhinha)
Concepção de contexto

 Um dos conceitos centrais nos estudos em Linguística Textual;


O contexto na fase da análise
transfrástica
 O contexto era visto apenas como o entorno verbal, ou
seja, o contexto.
 Texto: sequência ou combinação de frases, cuja
unidade e coerência seriam obtidas por meio da
reiteração dos mesmos referentes ou do uso de
elementos de relação entre seus vários segmentos.
O contexto para a Pragmática

 Necessidade de se considerar a situação comunicativa


para a atribuição de sentido a elementos textuais como
os dêiticos¹ e as expressões indiciais².
 Texto: lugar de interação entre sujeitos sociais.

1. Elementos que apontam para o contexto espácio-temporal, social e discursivo


(pronomes 1º e 2º pessoas e demonstrativos);
2. Expressões com valor de dêitico (mais acima, em seguida etc)
Contexto para a Teoria dos Atos de
Fala
 Estudo e descrição das ações que os usuários da língua,
em situações de interlocução, realizam por meio da
linguagem, visto que ela passou a ser considerada uma
atividade intencional e social, visando a determinados
fins.

A incorporação dos interlocutores ao estudo dos


enunciados é suficiente?
Contexto sociocognitivo

 Os sujeitos estão sujeitos às normas sociais, deveres,


valores, cultura, tradições, costumes. Para
compreenderem-se é preciso que os contextos
sociocognitivos sejam, pelo menos, parcialmente
semelhantes (conhecimentos enciclopédico,
sociointeracional, procedural etc.)
Conversa de mãe e filha
- Manhê, eu vou me casar.
- Ãh… Que foi? Agora não, Anabela… Não tá vendo que eu tô no telefone?
- Por favor, por favoooooor, me faz um lindo vestido de noiva, urgente?!
- Pois é, Carol. A Tati disse que comprava e no final mudou de ideia. Foi tudo culpa da…
- Mãe, presta atenção! O noivo já foi escolhido e a mãe dele já tá fazendo a roupa. Com gravata e
tudo!
- Só um minuto, Carol. Vestido de… Casar?! Que é isso menina, você só têm dez anos! Alô, Carol?
- Me ouve, mãe! Os meus amigos também já foram convidados! E todos já confirmaram a presença.
- Carol, tenho que desligar. Você está louca, Anabela? Vou já telefonar para o teu pai.
- Boa! Diz pra ele que depois vai ter a maior festança. Ele precisa providenciar pipoca, bolo de aipim,
pé-de-moleque, canjica, curau, milho na brasa, guaraná, quentão e, se puder, churrasco no espeto e
cuscuz. E diz pra ele não esquecer: quero fogueira e muito rojão pra soltar na hora do “sim, eu aceito”.
Mãe? Mãe… Manhêêê!!! Caiu pra trás… Mããããããe?!
Vinte minutos depois.
- Acorda, mãe… Desculpa, eu me enganei, a escola vai providenciar os comes e bebes. O papai não
vai ter que pagar nada, mãe, acoooooorda… Ô vida! Que noiva sofre eu já sabia. Mas até noiva de
quadrilha?!
BRAS, Tereza Yamashita; BRAS, Luiz. Conversa de mãe e filha. Disponível em: . Acesso em 24 maio 2017.
Contexto sociocognitivo
 O contexto engloba não só o contexto, como também a
situação de interação imediata, a situação mediata (entorno
sociopolítico-cultural) e o contexto cognitivo dos interlocutores:
 Conhecimento linguístico;
 Conhecimento enciclopédico;
 Conhecimento da situação comunicativa e de suas “regras”
(situacionalidade);
 Conhecimento superestrututal;
 Conhecimento estilístico;
 O conhecimento de outros textos que permeiam nossa cultura
(intertextualidade).
Contexto

 O contexto é, portanto, um conjunto de suposições,


baseadas nos saberes dos interlocutores, mobilizadas
para a intepretação de um texto;
 Relações entre as informações explícitas e
conhecimentos pressupostos são estabelecidas por
meio de estratégias de “sinalização textual”, por
intermédio das quais o locutor, por ocasião do
processamento textual, procura levar o interlocutor a
recorrer ao contexto sociocognitivo.
Estudo do texto sem contexto é
insuficiente
 Desfaz ambiguidades:
“Ao chegar à cidade, a jovem dirigiu-se a um banco:
- precisava munir-se de algum dinheiro para fazer compras.
- precisava descansar um pouco, antes de enfrentar a dura jornada
que teria pela frente.
 Permite preencher lacunas do texto por meio de
inferências-ponte:

“O empregado alimentou os pássaros. Os grãos de alpiste


foram logo devorados.”
“O navio aproximava-se do porto. Os marinheiros
preparavam-se para lançar as âncoras.
 Os fatores contextuais podem alterar o que se
diz:
 O contexto justifica o que se diz:
Intertextualidade

 No conjunto de conhecimentos constitutivos do contexto destaca-se o


conhecimento de outros textos: a intertextualidade.