Anda di halaman 1dari 31

 KAIZEN

 KANBAN
 LEAN
MANUFACTURING

Caue
Jonathan
Renata
Sergio
KAI ZEN

Mudança Melhor
FILOSOFIA DE VIDA
CRIADOR MASAAKI IMAI
DIZ QUE:

“KAIZEN é um guarda-chuva que


abrange todas as técnicas de melhoria,
aglutinando-as de maneira harmoniosa
para tirar o máximo proveito do
que cada uma oferece”.
TQC  Zero Defeito
Desenvolvimento de  Melhoramento da produtividade
novos produtos
 Just-in-Time
 CCQ
 Sistema de Sugestões
 Pequenos grupos
 Relações cooperativas entre
TPM Administração e mão-de-obra
 Automação  Orientação para o consumidor
 Robótica  Disciplina no local de trabalho
 Melhoramento da  Kanban
Qualidade
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA
CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS:

 Envolvimento dos empregados pelas


sugestões.
 A “inteligência social” (Times de trabalho).
 Pensamento voltado para os “processos”.
Atacar a “causa raiz” dos problemas.
 Construir a qualidade do produto de forma
.diferenciada e que satisfaçam os clientes.
KAIZEN - MELHORIA
CONTÍNUA

O ponto de partida do Kaizen é a


adoção por parte do trabalhador,
de um atitude positiva em relação
a mudança da maneira que ele
trabalha.
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA

O progresso é impossível sem a


capacidade de admitir os erros.
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA

COMO SE DEVE TRABALHAR:


DEFINIÇÃO DO PROBLEMA
MEDIÇÃO
ANÁLISE DO PROCESSO ATUAL
MELHORIA
CONTROLE
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA

• ALTA GERÊNCIA

•MÉDIA GERÊNCIA MELHORAMENTO

•SUPERVISORES
MANUTENÇÃO
• OPERÁRIOS
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA
OS DEZ PRINCÍPIOS KAIZEN:
1. Dê ênfase no cliente.
2. Promova aprimoramentos contínuos.
3. Reconheça os problemas
abertamente.
4. Promova a abertura.
5. Crie equipes de trabalho.
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA

6. Gerencie projetos por intermédio de


equipes multifuncionais.
7. Nutra o processo de relacionamento
correto.
8. Desenvolva a autodisciplina.
9. Informe a todos os empregados.
10. Capacite todos os empregados.
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA

Diferenças entre empresas que


utilizam ou não Kaizen:
KAIZEN – MELHORIA
CONTÍNUA

Exemplo:

Em uma fábrica de automóveis, um


trabalhador vê um parafuso debaixo
de um carro na linha de montagem,
que aparentemente caiu durante a
instalação.
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Definição
Quando, Onde e Por que foi criado?
Regras de funcionamento
Como funciona?
O quadro Kanban
Cartão Kanban
Conclusão
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Definição

A palavra Kanban significa cartão, placa ou


registro visível.

 Kanban é um sistema de controle do piso de


fábrica que tem como principal objetivo
controlar a produção visando evitar
desperdícios, diminuir o tempo de espera,
diminuir o estoque e melhorar a produtividade
interligando todas as operações.
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Quando, Onde e Por que foi criado?

O sistema Kanban foi criado em 1953 por


um ex-vice-presidente da Toyota chamado
Taiichi Ohno. As empresas japonesas ou no
caso a Toyota(principal contribuidora para o
sistema) necessitava de um sistema que
controlasse a produção com o objetivo de
melhorar a produtividade.
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Regras de Funcionamento

 O cliente somente retira peças do estoque


quando for realmente necessário;

 O fornecedor só pode produzir peças dos quais


possui kanbans de produção e nas quantidades
definidas nestes;

 Somente peças boas podem ser colocadas em


estoque;

 Os cartões devem ficar nas embalagens cheias


ou no Quadro Kanban.
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Como Funciona?

O Kanban utiliza o método de “puxar”, ou seja,


somente quando houver a necessidade o posto de
trabalho requisita peças ou equipamentos do
processo anterior, estas então serão conduzidas ao
posto em que houve a requisição.
O sistema utiliza cartões de autorização:
Movimentação = Retirada (com todas as
informações necessárias).
Produção = Como o próprio nome indica,
especifica o que deverá ser produzido para o
reabastecimento do estoque que foi retirado
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Exemplo:
Um posto de trabalho responsável por uma peça
esgotou seu estoque, um operador anexa ao
contenedor(recipiente de estocagem) que esvaziou
um cartão de movimentação . Ao chegar no posto do
processo anterior coloca o cartão de movimentação
em um contenedor cheio, retira o cartão de produção
que estava anexado a este e coloca no quadro
Kanban para indicar o que foi retirado e precisa ser
reposto, depois volta até seu posto de trabalho.
Assim, o posto de trabalho que buscou outro
contenedor repete o processo quando o novo
contenedor acaba.
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
O quadro Kanban
 Para cada peça temos uma seqüência de posições,
onde são colocados os cartões;

 As posições vazias indicam o estoque disponível


(embalagens cheias) e cada cor indica o grau de
urgência da reposição.

 Os cartões são colocados do verde para o


vermelho.
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO

A cor verde indica que pode prosseguir normalmente


( não há necessidade de produzir).
A cor amarela indica que é preciso produzir o item
A cor vermelha representa um estoque de segurança
(em relação a possíveis problemas)
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Cartão Kanban

- Cartão de produção

Local onde são


produzidas as
Código da peça peças.

Nome da peça

Qtde.
Modelo Pç/Embalagem

Identificação do Cliente
KANBAN – CONTROLE
DA PRODUÇÃO
Conclusão

Kanban

“ Simplicidade,
Visibilidade e
Controle Visual”
Lean Manufacturing -
Eliminação de desperdícios

Henry Ford – Linha de produção

 Fluxo de matéria prima;


 Planejamento e controle de material
(minimizar perdas com transporte e tempo de
produção);
 Inspeção de qualidade contínua;
 Treinamento dos trabalhadores em uma
única tarefa.
Lean Manufacturing -
Eliminação de desperdícios

Criação Lean Manufacturing/TPS

 Taiichi Ohno – diretor

 Fluxo contínuo de materiais, sistema


puxado de produção, formas visuais de
verificar a necessidade de matérias.

 Nova visão de manufatura.


Lean Manufacturing -
Eliminação de desperdícios
Lean Manufacturing (ou Manufatura Enxuta) é um
sistema para identificar e eliminar desperdícios nas
empresas.

 Desperdício é qualquer atividade, técnica, material


ou informação que não é reconhecida pelo Cliente
final.

 Utilização de processos de análise


(Kaizen, Kanban, Poka-Yoke);
Lean Manufacturing -
Eliminação de desperdícios

Pontos-Chave

 Qualidade total imediata;


 Minimização do desperdício;
 Melhoria contínua;
 Processos “Pull”;
 Flexibilidade .
Lean Manufacturing -
Eliminação de desperdícios
7 tipos de
desperdícios:

 Super-Produção;
 Espera;
 Transporte;
 Sobre-
processamento;
 Inventário;
 Movimento;
 Defeitos.
Lean Manufacturing -
Eliminação de desperdícios

Resumindo:
Lean Manufaturing:

Redução de desperdícios;
Melhoria Contínua;
Busca da satisfação do cliente;
Evolução da empresa.
BIBLIOGRAFIA

 IMAI, Massaki. Kaizen A Estratégia para o


Sucesso Competitivo. 6ªEDIÇÃO,2005.

 Reinaldo A. Moura. Kanban A simplicidade do


Controle de Produção. 6ªEDIÇÃO,2003.

 http://www.administradores.com.br/artigos/lean
_manufacturing_um_novo_conceito_em_manufatur
a_parte_i/20327