Anda di halaman 1dari 10

INTRODUÇÃO:

DEFINIÇÃO DE TINTAS
PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE
 MÉTODOS DE APLICAÇÃO
 CRITÉRIOS DE INSPEÇÃO

1
DEFINIÇÃO DE TINTA:

• Monocomponentes

x
• Bicomponentes

2
PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE
 Limpeza: Remoção de contaminantes como óleos, graxas, suor,
compostos solúveis e carepas de laminação.

 Ferramentas Manuais: Lixas, Escovas e mantas não tecidas.

 Jateamento abrasivo: Impulsionar o abrasivo (granalha de aço ou


óxido de alumínio) por meio de ar comprimido.

3
GRAUS DE LIMPEZA
St 2 - Limpeza manual – executada manualmente com ferramentas,
como escovas, raspadores e lixas;

St 3 - Limpeza mecânica – executada com ferramentas como


escovas rotativas pneumáticas ou elétricas;

Sa 1 - Jato ligeiro “brush off” – executado de forma rápida, quase


uma “escovada” com o jato. O rendimento aproximado desta
operação, considerando o grau C de corrosão é entre 30 a 45
m2/h por bico;
Sa 2 - Jato comercial – executado de forma um pouco mais
minuciosa do que o Jato ligeiro. Cerca de 65% das carepas e
ferrugem são eliminadas. O rendimento aproximado é de 15 a 20
m2/h por bico;
Sa 2 - Jato ao metal quase branco – mais minucioso que o anterior,
½ sendo 95% de carepas e ferrugens removidas. A coloração da
superfície é cinza clara, sendo toleradas pequenas manchas. O
rendimento aproximado é de 10 a 15 m2/h por bico;

Sa 3 - Jato ao metal branco – 100% das carepas e ferrugens


removidas. É o grau máximo de limpeza. A coloração da
superfície é cinza clara e uniforme. O rendimento aproximado é
de 6 a 12 m2/h por bico.
4
MÉTODOS DE APLICAÇÃO DE TINTA

• ROLO
• TRINCHA

• PISTOLA CONVENCIONAL • PISTOLA “AIR LESS” (HIDRÁULICA)

5
INSPEÇÃO
• NO RECEBIMENTO DAS TINTAS:
CERTIFICADOS
VALIDADE
EMBALAGEM
• ABRASIVOS:
GRANULOMETRIA
VISUAL DE OXIDAÇÃO
• UMIDADE RELATIVA – (máx. 85%)
• TEMPERATURA DA SUPERFÍCIE – (máx. 52ºC/ min. 3ºC acima p. orvalho)

• LIMPEZA DA SUPERFÍCIE

• PERFIL DE RUGOSIDADE DA SUPERFÍCIE

• PREPARAÇÃO E APLICAÇÃO DAS TINTAS

• PELÍCULA

INSPEÇÃO VISUAL
ESPESSURA 6
ADERÊNCIA
INSPEÇÃO VISUAL

- Escorrimento;
- Empolamento;
- Enrrugamento;
- Fendilhamento ou Craqueamento;
- Crateras;
- Impregnação de abrasivo ou materiais estranhos;
- Descascamento.

7
INSPEÇÃO
• ESPESSURA ÚMIDA

• ESPESSURA SECA

8
TESTE EM CORTE – ASTM D3359
• GRADE (Até 100μm) • X (Acima de 100μm)

9
TESTE DE TRAÇÃO– ASTM D4541
• “PULL OFF” TEST – (Min. 15Mpa)

10