Anda di halaman 1dari 54

Módulo: 2 - Agentes Económicos e

Atividades Económicas

Ano Corrente:2016/2017
Economia

Agentes Económicos Atividades Económicas


Agentes económicos/Atividade Económica
Agentes económicos
• Agentes económicos são:
• Indivíduos,
• Instituições;
• Conjunto de instituições .

São classificados de acordo com o critério funcional que se baseia nas


principais funções exercidas pelos agentes económicos na atividade económica,
são elas:
Família, Empresas, Estado e Resto do mundo.

Micro-sujeitos Macro-sujeitos
Agentes económicos
• Família
Consumo: utilização de bens e serviços na satisfação de necessidades
Poupança: parte do rendimento que não é utilizada no consumo

• Empresas (financeira/ não financeira)


Repartição dos rendimentos: distribuição das mais-valias geradas durante o processo produtivo
Produção: processo através do qual se obtém os bens e serviços
Distribuição: conjunto das operações que permitem encaminhar um produto da fase final da
fabricação para a fase do consumidor ou do utilizador
Agentes económicos
• Estado
Satisfação das necessidades coletivas da população (produção de B&S)
Redistribuição dos rendimentos: ação que consiste em tornar possuidor de um rendimento um
determinado número de indivíduos (minimizar as desigualdades económicas e sociais)

• Resto do mundo
Conjunto dos agentes económicos não residentes que estabelecem relações económicas com
residentes.

Cada um dos agentes económicos utiliza os rendimentos recebidos para


efetuar os seus consumos ou constituindo uma poupança.
Agentes económicos
• Principais funções :

Famílias Consumir
Empresas Produção de B&S
Estado Garantir as necessidades coletivas
Resto do mundo Troca de bens
Em suma…

Agentes económicos…
Agentes económicos
Agentes económicos
Agentes económicos
Agentes económicos
Agentes económicos
Atividade Económica

• Atividade económica são:

Consumo – Utilização dos bens na satisfação das necessidades


*Poupança
Produção – Transformação das matérias-primas em produtos acabados
Distribuição – Deslocação física dos produtos do local de produção para o local de consumo. Engloba duas
atividades: o transporte e o comércio
Repartição do rendimento – Distribuição das remunerações pelos fatores produtivos (trabalho e capital)
utilizados na produção:
TRABALHO – os assalariados são remunerados através de salários
CAPITAL – os proprietários de imóveis cobram rendas
- os detentores de recursos financeiros auferem juros
- os empresários, se tiverem receitas superiores aos custos, obtêm lucros
Complementaridade das atividades
económicas
(relação entre agentes económicos e atividades económicas)
(relação entre agentes económicos e atividades
económicas)
Questões de aula
1.Indica os principais agentes económicos.

2.Explica as funções económicas desempenhadas pelos diferentes


agentes económicos.

3. O que entendes por empresas financeiras e não financeiras? Dá


exemplos um de empresas financeiras e não financeiras?
4. Exemplifica uma relação existente entre os agentes económicos.

5.Explicita os aspetos fundamentais da atividade económica.


A produção de bens e
serviços
Bens e Serviços
“Bem é tudo aquilo que permite satisfazer uma ou várias necessidades
humanas”
• Bens materiais (palpáveis) Bens livres(custo
• Exemplo: canetas, roupa, carro, … zero) mar, sol,…

Bens económicos
• Serviço (bem imaterial) (produtos e
serviços, com
• Atividades humanas preço)
• Exemplo: serviços de transporte, aula, programa de TV,…
A produção de bens e serviços
• Noção:
• Criar bens e serviços;
• Resulta do trabalho produzido
pelo Homem;
Setores de atividade económica
• Colin Clark é o autor da classificação mais divulgada e que
agrupa as atividades económicas em três sectores:

• o primário,
• o secundário,
• o terciário.
Setores de atividade económica
Atividades industriais
Atividades produtivas ( energia, industria de
de matérias primas ( B&S, de consumo,
agricultura, minas) construção)
SECTOR SECTOR
PRIMÁRIO SECUNDÁRIO

SECTOR
TERCIÁRIO
Atividades de serviço
mercantis ( comércio,
transporte) ou não
mercantis ( saúde)
Produto Interno Bruto (PIB)
• Representa a soma (monetária) de todos os bens e serviços finais
produzidos numa determinada região (país ou cidade), durante um
período de tempo( mês, trimestre, ano).

• É o indicador mais utilizado para medir a atividade económica de


uma região.
Produção
• Produção: é a atividade do Homem sobre a Natureza com vista à
obtenção dos bens e dos serviços;

• Processo produtivo: atividade faseada em que as matérias-primas


são transformadas em produtos finais.

Para realizar a atividade produtiva é necessário ter em conta os


fatores de produção : Trabalho; Capital e Recursos Naturais.
Combinação dos fatores produtivos
Fatores de produção
• Trabalho
• Capital
• Técnico (fixo e circulante)
• Humano
• Natural
• Recursos Naturais
• Renováveis
• Não renováveis
Fatores de produção
Traballho

• Mão-de-obra: todo esforço humano, físico ou


mental, despendido na produção de bens e
serviços.
Fatores de produção
Capital :
Técnico (circulante e fixo)
Humano
Natural

Capital Circulante Capital Fixo

• Constituída por meios de produção • Constituída por meios de


não duradouros
produção duradouros utilizados
várias vezes
• Exemplos: matérias-primas,
salários, combustíveis, energia, • Exemplos: edifícios, máquinas e
dinheiro disponível imediatamente equipamentos
e a curto prazo
Fatores de produção

Capital Humano Capital Natural


• Instrução e formação • Recursos naturais renováveis

• Exemplos: energia solar, ventos,


marés
Fatores de produção

Recursos naturais renováveis Recursos naturais não renováveis


• todos recursos da natureza que • todos recursos da natureza que
podem ser colocados pelo não podem ser recolocados pelo
Homem. Homem.

• Exemplos: o petróleo, os
minerais
• Exemplos: os vegetais
Avaliação da eficácia da produção
• Produtividade:

• relação entre a produção e os fatores de produção utilizados;


• representa a quantidade / valor da produção que se obtém com o
emprego de uma certa quantidade / valor de trabalho ou capital;
• é a capacidade dos fatores de produção para criar produto.
Fatores que influenciam a Produtividade
• Definir uma unidade de medida
• Pode ser monetária (o montante auferido) ou quantitativa (o número de
bens produzidos, de chamadas atendidas, de serviços contratados, etc).
• Escolher um limite temporal
• medir a produtividade durante um espaço temporal: uma hora, um dia, uma
semana, um mês, um trimestre, um ano, etc.
• Medir o resultado do trabalho
• Descubra o tempo de trabalho efetivamente utilizado nessa tarefa
específica. Por exemplo: durante um dia foram gastas 6 horas (de um
trabalhador) ou 80 horas (de vários trabalhadores em conjunto) para produzir
determinado número de bens.
Cálculo da produtividade do trabalho

• Recursos + trabalho + capital = Produção

• Produtividade no trabalho = Produção/ Número de horas de


trabalho

• Exemplo: se a empresa produziu 1000 euros num dia, num total de 60 horas
de trabalho, o cálculo equivale a 1000 / 60 = 16,7€ por hora.
Economias de escala
• Economias de escala: diminuição do custo de produção unitário em
resultado do aumento da quantidade produzida.

Quantidade produzida Custo unitário de produção

(acontece nas grandes empresas principalmente, resulta na


especialização do trabalho, utilização de novas tecnologias…)
Deseconomias de escala
• Deseconomias: ocorrem quando os custos médios de produção
aumentam em resultado do aumento da dimensão de unidades de
produção.

• Unidades de produção Custo produção

(dificuldades em gerir os recursos, por exemplo aumento de


desperdícios; dificuldade na venda da produção…)
Cálculo dos custos de produção
• Custos de produção(produção de bens e serviços )e representam o custo total que uma
unidade produtiva necessita para desenvolvimento da sua atividade.

O custo total são os custos fixos mais os custos variáveis.

• Custos fixos: despesas da empresa, independentemente da produção.


• Ex: Rendas
• Custos variáveis: variam em função das quantidades produzidas,
• Ex: Matérias primas

𝑪𝒖𝒔𝒕𝒐 𝑻𝒐𝒕𝒂𝒍 𝑪𝑻 = 𝑪𝒖𝒔𝒕𝒐𝒔 𝒇𝒊𝒙𝒐𝒔 + 𝑪𝒖𝒔𝒕𝒐𝒔 𝒗𝒂𝒓𝒊á𝒗𝒆𝒊𝒔

𝑪𝒖𝒔𝒕𝒐 𝑻𝒐𝒕𝒂𝒍 (𝑪𝑻)


𝑪𝒖𝒔𝒕𝒐 𝑴é𝒅𝒊𝒐 =
𝑸𝒖𝒂𝒏𝒕𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆 𝒑𝒓𝒐𝒅𝒖𝒛𝒊𝒅𝒂
Melhorar a eficácia da produção
• Organizar o processo produtivo

• Progresso técnico

• Formação dos recursos humanos

• Investigação e Desenvolvimento (I&D )


Comércio e distribuição
Comércio
• Ligação entre a produção e o consumo, designadas por comércio.

(não basta produzir… tem de chegar ao consumidor … assim como tem


de ser adquirido …)
• O Comércio consiste na troca de bens. E pode ser:

Comércio Grossista – grossista produtor


Comércio retalhista – retalhista grossista
Tipos de comércio
• O comércio retalhista, organiza-se de várias formas:

• Comércio independente (emp. Familiares)


Ex: Lojas de ferramentas, minimercados, lojas de roupa
• Comércio associado (associações de comerciantes)
• Ex: Frescos, Grula (Grupo Lisboeta de abastecimento de produtos
alimentares)
• Comércio integrado (sucursais, franchising, grandes superfícies e
grandes superfícies especializadas)
• Ex:Pingo Doce, a Vobis, a Worten, entre outros.
Comercio Integrado:
• Sucursais
• é uma empresa que está dependente de uma outra, a empresa-mãe controla as suas
diversas dependências ou filiais.(bancos)
• Franchising
• apesar de serem jurídica e independentes umas das outras, estão ligadas por
contrato á empresa mãe (Benetton, McDonald’s)
• Grandes superfícies
• Lojas de grande dimensão (quando a sua área é igual ou superior a 2000 m2;
Continente, Jumbo)
• Grandes superfícies especializadas
• Lojas de grande dimensão, com a mesma gama de produtos, bastante especializada.
(“ Toys ‘R’ Us” brinquedos)
Venda
• Venda direta
Contacto direto entre o vendedor e o consumidor, no entanto, este contacto
não é feito no ponto de venda, mas na casa do cliente ou no emprego( porta-
à-porta)
• Cibervenda
Consiste na venda/ aquisição de bens ou serviços através da internet.
• Venda automática
Utiliza equipamentos automáticos instalados em locais públicos e de grande
circulação. (aeroportos, hospitais, escolas, etc…)
• Venda por catálogo
Os produtos são apresentados ao consumidor através de catálogo, não existe
o contacto direto entre o comprador e o vendedor. ( Avon)
Distribuição
• Distribuição está associado ao transporte
de mercadorias;

• É a atividade intermediária entre


produtores e consumidores que comporta
o transporte e o comércio dos produtos;

• Assume uma importância vital na


atualidade, na medida em que as
empresas têm de garantir o produto na
quantidade e qualidade certa, no tempo
certo.
Circuitos de distribuição
• Um circuito de distribuição é composto por todas as entidades
(empresas, equipamentos, pessoas) que desempenham uma função
na condução de bens ou serviços do produtor/ fabricante para o
consumidor final.
• Tipos:
• ultra curtos
• curtos
• longos
Tipos de distribuição
Consumo
Consumo
É o ato de utilizar um bem ou serviço com vista à satisfação de necessidades;
É um ato económico porque para satisfazer determinadas necessidades em
vez de outras e ao decidir consumir certos bens e serviços;
Tipos:
• Final/Intermédio
• Consumo Final: consumo de bens e serviços pelas famílias.
• Consumo Intermédio: consumo de bens para transformação pelas empresas, até se
transformarem em bens de consumo final.
• Essencial/supérfluo
• Consumo Essencial: consumo de bens e serviços indispensáveis à sobrevivência do
indivíduo.
• Consumo supérfluo: consumo de bens e serviços dispensáveis
Fatores explicativos do consumo
• Económicos

• Rendimento (depende do rendimento do consumidor)


• Preços (à priori quanto menor o preço maior o consumo)

• Extraeconómicos

• Moda e Publicidade ( efeito imitação ou tendência)


Consumismo

Conjunto dos comportamentos e atitudes suscetíveis de conduzir a um


consumo sem critério, compulsivo, irresponsável e perigoso.
Consumerismo e o movimento dos consumidores
O consumerismo é a ação social conduzida a vários níveis para
aprofundar os direitos dos consumidores, com o objetivo de
aperfeiçoar a qualidade de vida e os valores sociais.

Para conseguir o consumerismo deve-se apostar na


consciencialização para a defesa do consumidor e do meio ambiente
investindo em aspetos como:

• Informação ao consumidor
• Reconhecimento de um conjunto de direitos
• Educação do consumidor
Direitos dos consumidores

• De acordo com a Constituição Portuguesa (art.º 60º), os direitos


fundamentais do consumidor são:

• Direito à proteção da saúde e da segurança;


• Direito à proteção dos direitos económicos;
• Direito à reparação de danos;
• Direito à informação e à educação;
• Direito à representação;
• Direito a uma justiça acessível e pronta.
Deveres dos consumidores
• Consciência crítica (questionar-se acerca da sua compra)
• Ação (reclamar quando os direitos como consumidores são violados)
• Preocupação social (estar conscientes dos nossos consumos sobre os
outros cidadãos)
• Consciência do meio ambiente (devemos sempre preservar o
ambiente)
• Solidariedade (defesa comum dos interesses dos consumidores)
Trabalho de grupo
• Estudo de Caso :
• Tipo de comércio;
• Fatores produtivos utilizados;
• Tipos de capital utilizado;
• Preocupações da empresa quanto ao recursos humanos e naturais;
• Custos fixos e variáveis da empresa;
• Medidas da empresa no sentido de melhorar a eficácia da produção;
• Métodos de venda disponibilizados;
• Etapas do processo de venda.
Ficha de avaliação