Anda di halaman 1dari 21

Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande – Unidade II

ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

LUCIANO DOS SANTOS BENEVIDES

CAMPO GRANDE-MS
2015
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO
COM BAIXO FATOR DE POTÊNCIA E REFRIGERAÇÃO.
Eficiência Energética

A eficiência energética consiste em obter o melhor


desempenho na produção de um serviço com o menor
gasto de energia. Como exemplo de ação, está a
modernização e substituição de equipamentos e
processos no sentido de reduzirem seu consumo. O
programa é voltado para o consumo consciente que
contribuem para a economia.

3
Eficiência Energética

•Objetivo
Apresentar uma síntese dos potenciais de
racionalização energética nas instalações, e realizar
uma avaliação econômica, indicando a ordem de
grandezas de retorno do investimento.

4
Local

Fonte: Próprio autor.

Razão Social: EXCELER PLAZA HOTEL


Classe/Subclasse: Comercial, Serviços, Outras Atividades/ Hotéis;
Classificação Tarifária: A 4 ;
Tensão de Fornecimento: Média tensão 13,8 kV

5
Realização da eficiência energética
O estudo se baseia nos levantamentos em campo,
análise do histórico de consumo e informações prestadas
pela administração e pessoal de operação da unidade
consumidora

Fonte: Próprio autor. 6


Análise do histórico de consumo

Fonte: Próprio autor.

7
Valores de Importe de Consumo

Fonte: Próprio autor.

8
Proposta de Adequação

Fonte: Próprio autor.

9
Proposta de Adequação
Análise do Sistema de Iluminação
Atualmente, grande parte da iluminação em geral é feita através de luminárias
com lâmpadas fluorescentes tubulares de 40W, lâmpadas fluorescente compactas
de 23W Fp0.55 e algumas lâmpadas incandescentes de 40 e 60W.

Fonte: Próprio autor. Fonte: Próprio autor. Fonte: Próprio autor.

10
Proposta de Adequação
Potenciais de Melhoria Detectada

Devido ao baixo rendimento destas luminárias e lâmpadas fluorescentes


de 2x40W, sugiro a substituição por luminárias e lâmpadas mais eficientes de
2x28W, com luminárias de alta eficiência.
Substituição das lâmpadas incandescentes e fluorescente compactas,
fator de potencia 0.55 por lâmpadas de LED tipo Bulbo fator de potência próximo
do um.
Luminária de Sobrepor 2x28/54W Lâmpada LEDBuld 13,5W

Fonte: Catálogo Taschibra Fonte: Próprio autor


11
Proposta de Adequação
Análise Custo-Benefício das Medidas Propostas no
Sistema de Iluminação

Fonte: Próprio autor

12
Proposta de Adequação
Análise dos equipamentos de refrigeração

Através da inspeção realizada, podem-se fazer as seguintes observações:


a) Foi verificado que há alguns equipamentos de refrigeração (Geladeiras,
Freezer) são obsoletos e de baixo rendimento;
b) Alguns equipamentos são novos, mas estão com as borrachas de
vedação desgastadas, necessitando substituição e manutenção preventiva.
Geladeira Prosdocimo 340 L

Fonte: Próprio autor 13


Proposta de Adequação
Potenciais de Melhoria Detectada

Com relação aos equipamentos de refrigeração, a melhoria pode ser


resumida através da substituição por equipamentos com selo Procel
classe A, e seguir algumas orientações de como utilizar esses
equipamentos de forma eficiente.
Refrigerador horizontal 213L SELO PROCEL A

Fonte: Próprio autor 14


Proposta de Adequação
Análise Custo-Benefício das Medidas Propostas na
Substituição equipamentos de refrigeração

Fonte: Próprio autor

15
Proposta de Adequação
Análise do Fator de Potência

Quando o fator de potência é baixo, surge uma série de


inconvenientes para as instalações elétricas do cliente e da concessionária.

Por esse motivo, quando o fator de potência fica abaixo do valor


mínimo de referência (0,92) previsto pela legislação, é cobrado, nas contas
de energia, o faturamento de energia reativa excedente (UFER ).

16
Proposta de Adequação
Análise do Fator de Potência

No sistema elétrico existem a potência ativa e a potência reativa,


cuja soma vetorial resultam na potência aparente.

Fonte: Próprio autor

17
Proposta de Adequação
Proposta para Adequação do Fator de Potência

Instalação de banco de capacitor para a correção do baixo fator de


potência e eliminar a cobrança do reativo excedente.

18
Estudo de caso
Na tabela abaixo foi verificado os valores totais investidos em cada sistema, bem
como os respectivos ganhos, redução de consumo, demanda e economia obtida.

Fonte: Próprio autor

19
Proposta de Adequação
As medidas propostas por este estudo de caso remetem a um payback
simples de 4,7 anos, sendo que após 15 anos, a economia representara
cerca de R$ 128.127,27 para a Hotel.

Fonte: Próprio autor

20
Conclusão

O uso eficiente da energia elétrica não significa apenas uma


redução nas despesas, mais também na redução dos
impactos ambientais. Além disso, a eficiência energética
está ligada a melhoria da qualidade do ambiente de
trabalho e do processo produtivo.

21