Anda di halaman 1dari 23

Fisiologia do Ciclo

Menstrual
O Ciclo Menstrual
 Durante o ciclo menstrual ocorrem dois processos reprodutivos:
 Maturação folicular por estímulo hormonal, e consequente liberação do óvulo;
 Preparação do organismo feminino , principalmente do útero, para receber o embrião, caso haja fertilização.

 É considerado ciclo menstrual normal :


 Duração : 21 – 35 dias;
 Perda média: 20 – 60 mL;
 Duração de Fluxo Menstrual: 2- 6 dias;

 Fases ovarianas: fase folicular (pré-ovulatória) e fase lútea (pós ovulatória);


 Fases no endométrio: fase proliferativa e fase secretora;
 Por convenção: primeiro dia de sangramento corresponde a primeiro dia do ciclo menstrual;

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Eixo Hipotálamo-Hipófise-Ovário
 GnRH (hormônio liberador de
gonadotrofina)
 Se situa nos núcleos arqueados do hipotálamo;
 O GnRH é secretado no sistema portal e
drenado para a adeno-hipófise:
 Biossíntese e secreção de gonadotrofinas.
 Apresenta atividade pulsátil:
 Fase Folicular: mais frequentes e de menor amplitude;
 Fase Lútea: menos frequentes e de maior amplitude.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Eixo Hipotálamo-Hipófise-Ovário
Gonadotrofinas:
 São produzidas na adeno-hipófise por estimulação do
GnRH;
 Secretadas de forma pulsátil;
 Frequência e amplitude dependem da fase do ciclo;
 Resultado da retroação dos esteróides no hipotálamo e na
hipófise;
 Responsáveis pela estimulação da foliculogênese,
ovulação e regulação da produção de hormônios
esteroides pelo ovário;
 FSH ( Hormônio Folículo Estimulantes):
 Responsável pelo crescimento folicular, e pela principal secreção
de estrogênio;
 LH ( Hormônio Luteinizante):
 Responsável direto da ovulação, e pela sintetização de
androgênios nas células da teca.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Esteirodogênese
 O ovário em funcionamento normal sintetiza e secreta hormônios esteróides sexuais :
estrogênio, androgênios e progesterona;
 Estradiol e progesterona são os produtos mais importantes;

 Os estrogênios circulantes nas mulheres em idade reprodutiva : estradiol + estrona;


 Há também produção de uma pequena quantidade de estriol :
 Por conversão periférica, em mulheres não grávidas;
 Durante a gravidez sua produção é limitada à placenta.

 Estradiol: deriva-se da síntese pelos folículos em desenvolvimento e da conversão da estrona;


 Estrona: secretada diretamente pelos ovários, e também, pode ser convertida na periferia pela
androstenediona;

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


 Androgênios se convertem a estrogênio em
muitos tecidos, mas ocorre principalmente na
pele e no tecido adiposo, por ação da
aromatase;
 Os ovários produzem:
 Androstenediona;
 Desidroepiandrosterona (DHEA);
 Pequena quantidade de testosterona.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.
Teoria das Duas Células
 Biossíntese do estrogênio depende:
 Ação combinada entre LH e FSH sobre células da teca e da granulosa;
 Receptor de LH : compartimento tecal;
 Receptor de FSH: células da granulosa;

 Células da teca expressam as enzimas necessárias para a produção de androstenediona


(CYP17);
 CYP17 ausente em células da granulosa;
 Células da teca são a fonte primária de precursores estrogênicos das células da granulosa.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Teoria das Duas Células

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Peptídeos Gonadais e o Ciclo
Menstrual
 São secretados pelos ovários:
 Inibina, ativina e folistatina.

 Inibinas:
 Inibina B secretada durante fase folicular inicial pelo FSH nas células da
granulosa;
 Seu aumento inibe a secreção de FSH na fase folicular tardia.
 Na fase lútea a secreção de inibina é feita pelo LH, sendo observada
secreção de Inibina A.

 Ativina e Folistatina: atuam localmente, não são moduladores da


função gonadotrófica.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Gametogênese e
Desenvolvimento dos Folículos

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.
Folículos Primordiais
 Oócitos na primeira divisão meiótica:
 Circundados por uma camada única de células granulosas achatadas.

 Avasculares;
 Dependem da difusão e de “junções gap”:
 Obtenção de nutrientes e eliminação de excretas metabólicas;
 Pela difusão que é possível a passagem dos precursores de esteroides da camada de células tecais para a camada de células da
granulosa.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Folículo Primário
 Células da granulosa se tornam cuboides e aumentam em número para formar uma camada
pseudoestratificada;
 Formação de junções comunicantes
 Entre células da granulosa adjacentes e o oócito em desenvolvimento;
 Permitem passagem de nutrientes, íons e fatores de regulação;
 Permitem que células sem receptores de gonadotrofina recebam sinais de células que os possuem.;
 Hormônios se transmitem em todo o folículo.

 Surgimento da zona pélucida;


 Revestimento acelular;
 Três proteínas:
 ZP1, ZP2 e ZP3;
 ZP3: reconhecida pelo acrossomo do espermatozoide – resulta na liberação dos conteúdos acrossomo, penetração da zona pelúcida e
fertilização do ovo;
 ZP2: evita fertilização por mais de um espermatozoide – endurece revestimento.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Folículo Secundário ou Pré-
Antral
 Crescimento final do oócito;
 Aumento adicional no número de células da granulosa;
 Já sintetizam as três classes de esteroides.

 O estroma diferencia-se na teca interna e na teca externa.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Folículo Terciário ou Antral
 Líquido folicular começa a se acumular entre as células da granulosa;
 Antro;
 Um filtrado plasmático e de fatores secretados pelas células da granulosa;
 Possui estrogênio e fatores de crescimento;
 As altas concentrações de estrogênio são essenciais para a maturação folicular.

 Aumento rápido das dimensões foliculares ;


 Desenvolvimento do folículo pré-ovulatório (de Graaf);

 Células da granulosa são divididas em dois grupos:


 Cumulus oophorus;
 Células murais da granulosa.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Janela de Seleção
 Desenvolvimento folicular possui várias etapas:
 Folículos de coorte iniciam desenvolvimento semissincronizado;
 Número proporcional ao número de folículos primordiais inativos dentro dos ovários;
 Folículo ovulatório foi recrutado 2 a 3 ciclos antes do ciclo ovulatório.
 Grande parte dos folículos morrem pois não se encontram aptos para se maturarem.
 Durante transição lúteo-folicular um pequeno pico de FSH é responsável pela seleção do folículo dominante:;
 Folículo que irá ovular;
 A concentração de estrogênio aumente com o aumento do tamanho do folículo;
 Amplia os efeitos do FSH sobre as células da granulosa;
 Estimulando os próprios folículos a produzirem mais estrogênio;
 Há presença de outros fatores durante a maturação do folículo:
 IGF: fator de crescimento tipo insulina;
 VEGF: fator de crescimento endotelial vascular;
Produção de Inibina B e estradiol pelo folículo dominante;
 Declínio de FSH;
 incapacidade de outros folículos atingirem o estágio pré-ovulatório.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Fases do Ciclo Menstrual – Fase
Folicular
 Estimulação de FSH no folículo dominante:
 Atua nas células da granulosa:
 Aumento de células da granulosa;
 Aumento da expressão de aromatase;
 Expressão de receptores LH nas células da granulosa, na presença de estradiol;
 Produção de pequenas quantidades de progesterona;
 Progesterona reduz proliferação das células da granulosa;
 Lentifica crescimento folicular;
 Responsável pelo pico de FSH;
 Estimula feedback positivo do estrogênio para a ovulação.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Fases do Ciclo Menstrual -
Ovulação
 Ovulação:
 Liberação do complexo cumulus oophorus + oócito;

 No final da fase folicular há um aumento excessivo do estradiol;


 Realiza um feedback positivo:
 No hipotálamo e na adeno-hipófise;
 Gera o pico de LH.
 Inibe expressão folicular;
 Estimula ovulação e luteinização;
 Estimula reentrada do oócito na meiose;
 Aumenta cumulus oophorus;
 Síntese de prostaglandinas;
 Na ovulação observa-se presença dos fatores : OMI ( inibidor da maturação do oócito) e inibidor de luteinização
 Protegem o oócito para que possa ser liberado, e assim fecundado.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Fases do Ciclo Menstrual- Fase
Lútea
 Após ovulação, células foliculares se diferenciam em corpo lúteo;
 Células da teca e da granulosa sofrem hipertrofia, e assim diferenciação celular;
 Células da granulosa luteínicas;
 Células tecais luteínicas menores.
 Vascularização das células da granulosa;
 Degeneração da membrana basal;
 Aumento da perfusão;
 Acesso de células lúteas ao LDL;
 Estimula biossíntese de esteroides;
 Fase lútea é predominantemente progesterônica;
 Produção de Inibina A;
 Redução das concentrações de LH;
 Aumento gradual de FSH;
 Seleção da coorte de oócitos para o próximo ciclo.

GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.


Fases do Ciclo Menstrual – No
Endométrio
 Endométrio possui duas camadas:
 Camada basal: se apoia no miométrio;
 Não se altera durante o ciclo;
 Fundamental para regeneração do endométrio após descamação;
 Camada funcional: que se encontra com o lúmen uterino;
 Estrato compacto:: glândulas e estroma denso;
 Estrato:esponjoso: glândulas, estroma e tecido frouxo.

 Após menstruação, endométrio possui de 1 a 2 mm de espessura;


 Influenciada pelo estrogênio, células da camada funcional se proliferam rapidamente;
 Fase proliferativa;
 No momento do pico de LH: endométrio possui aproximadamente 12 mm de espessura;

 Após ovulação, endométrio se torna secretor;


 Fase secretora;
 Secreção de glicogênio, para implantação do óvulo
 Artérias espiraladas se aumentam em número;

 Se não houver implantação, haverá a menstruação, iniciando um novo ciclo.


GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.
GINECOLOGIA DE WILLIAMS. CAPÍTULO 15: ENDOCRINOLOGIA REPRODUTIVA. 2ª EDIÇÃO. 2014.
Referências Bibliográficas
Hoffman,; Schorge; Schaffer; Halvorson; Bradshaw; Cunnigham. Ginecologia de Williams.
Capítulo 15: Endocrinologia Reprodutiva. 2ª Edição. 2014.