Anda di halaman 1dari 11

POR ONDE ANDAM OS SEUS

PENSAMENTOS?

O pensamento é o ensaio
da ação
(Sigmund Freud)
Depressão x Tristeza
 Na DEPRESSÃO o sentimento é contínuo e não alivia com a
ajuda de outro. A depressão costuma também provocar um
sentimento de culpa, mas sem motivo aparente e sem saber
explicar o porquê.

DEPRESSÃO = DOENÇA

 Na TRISTEZA o indivíduo costuma apresentar períodos de


melhora ao longo do dia, conseguindo esquecer por momentos
a causa da sua tristeza.

 TRISTEZA = SENTIMENTO MOMENTÂNEO


DEPRESSÃO
 Os critérios diagnósticos para o Transtorno de Depressão Maior, de acordo com o
DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), são:

 Humor deprimido na maioria dos dias


 Acentuada diminuição do prazer ou interesse em todas ou quase todas as
atividades na maior parte do dia
 Perda ou ganho de peso acentuado sem estar em dieta
 Insônia ou hipersônia
 Agitação ou retardo psicomotor
 Fadiga e perda de energia (inclui libido)
 Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva ou inadequada
 Capacidade diminuída de pensar ou concentrar-se ouindecisão
 Pensamentos de morte recorrentes (não apenas medo de morrer), ideação suicida
recorrente sem um plano específico, ou tentativa de suicídio ou plano específico de
cometer suicídio
POSSÍVEIS CAUSAS
 CRIANÇAS, ADOLESCENTES, ADULTOS E IDOSOS PODEM SOFRER
DEPRESSÃO
 Solidão
 Excesso de trabalho
 Histórico Familiar (genética)
 Stress
 Tensão Financeira / Desemprego
 Trauma ou abuso
 Uso abusivo de álcool ou outras drogas
 Problemas de Relacionamento
 Problemas de saúde ou dor crônica
 Luto
TRATAMENTO
 Para casos leves a moderados uma psicoterapia pode
ser o suficiente para tratamento e prevenção de
recorrência;
 Medicamento para casos graves;
 Somente com a adesão ao tratamento – tratamento
combinado – se alcança a efetiva melhora dos
sintomas e melhora da qualidade de vida;
 Combinação de psicoterapia e medicação.

 Medicamentos: Citalopram, Fluoxetina, Paroxetina, Sertralina, Venlafaxina, Bupropiona e


etc
ANSIEDADE X MEDO
 ANSIEDADE é a antecipação de ameaça futura, sendo
mais frequentemente associada a tensão muscular e
vigilância preparação de combate para perigo futuro
e comportamentos de cautela ou esquiva

 MEDO é a resposta emocional a ameaça iminente


real ou percebida, desencadeando inúmeras reações
autonômicas para a necessária para luta ou fuga.
ANSIEDADE
 Os critérios diagnósticos para o Transtorno de Ansiedade Generalizada,
de acordo com o DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos
Mentais), são:
 Inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele ou
sensação de ter um bola na garganta
 Cansaço
 Dificuldade em concentrar-se ou sensação de “branco” na mente (falhas
de memória)
 Irritabilidade
 Tensão muscular
 Perturbação do sono
 Sudorese
POSSÍVEIS CAUSAS
 Traumas intensos
 Conflitos, relacionamentos (afetivos, profissionais ou pessoais)
 Acompanhada de outras doenças psiquiátricas, como depressão,
psicoses, neuroses, etc.
 Associada a doenças cardiovasculares ou respiratórias.
 O uso de alguns medicamentos. Ex: anfetaminas.
TRATAMENTO
 Para casos leves a moderados uma psicoterapia pode ser
o suficiente para tratamento e prevenção de recorrência
 Medicamento para casos graves
 Nenhum tratamento isolado é superior para melhora dos
sintomas, melhora da qualidade de vida e melhor aceitação
do tratamento
 Combinação de psicoterapia e medicação.

 Medicamentos: Alprazolam (Xanax), Buspirona (Buspar), Clonazepam (Klonopin),


Diazepam (Valium), Lorazepam (Ativan)
DOENÇA X ESTILO DE VIDA
 Mudança de hábito e melhoria na qualidade de vida
auxiliam na diminuição dos sintomas. Então:

 PRATIQUE EXERCÍCIOS
 SOCIALIZE-SE
 ALIMENTE-SE DE MANEIRA MAIS SAUDÁVEL
 AME MAIS (A SI E AO PRÓXIMO)
 RELAXE
 REINVENTE-SE