Anda di halaman 1dari 15

A REVOLUÇÃO CUBISTA

Paul Cézanne, Casas de Riaux em Estaque, 1879-82


64 X 81 cm, Washington National Gallery of Art
Cézanne, A montanha de Santa Vitória, 1905
Óleo sobre tela, 63 x 83 cm, Kunsthaus, Zurique
“Uma pedra no charco”: a primeira obra cubista

Pablo Picasso, As Meninas de Avignon, 1907.


Óleo sobre tela, 243,9 cm × 233,7 cm, MoMA, Nova Iorque
A fase cezaniana – 1906 a 1909

Em 1908, Picasso e Braque, com grande


união de ideias, dedicam-se à pintura,
reduzindo a representação a formas
geométricas, à maneira de Cézanne.

Picasso, Braque,
Georges Casa num jardim,
Casas 1908 1908
d’Estaque,
Óleo sobre
Óleo sobre tela,
tela, 73
92 xx 60
73 cm,
cm, Kunstmuseum,
Museu Pushkin,Basileia
Moscovo
O cubismo analítico – 1909 a 1912
Proposta de interpretação

Pablo Picasso, Copo de Absinto, 1911


Óleo sobre tela, 38,4 x 46,4 cm, Allen Memorial Art Museum, Oberlin College
O cubismo analítico – 1909 a 1912

Braque, O violino e o jarro, 1910.


Óleo sobre tela, 117 x 73cm
Kunstmuseum, Basileia.
O cubismo sintético – 1912 a 1916

Pablo Picasso, Natureza morta com cadeira de palha, 1912


Óleo e tela de oleado colada sobre tela, moldura de corda, 29 x 37 cm,
Museu Picasso, Paris.
O cubismo sintético – 1912 a 1916

Juan Gris, A garrafa de anis, 1914


Óleo, papeis colados e grafite sobre tela,
41 x 24 cm, Museu Rainha Sofia, Madrid
O regresso ao tema do copo de absinto, em 1914

Picasso, O copo de absinto, 1914


Bronze pintado e colher de estanho perfurada para o absinto,
24,9 cm de altura, Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque
Outros pintores cubistas
Lembrança do Salão de Outono de 1911

Que dia memorável, o da abertura do Salão de


Outono de 1911. Na vida de um artista tais
momentos deixam uma recordação inesquecível.
Essa memória mantém-se com uma precisão que
aumenta a realidade de alguma forma. [...]
A maioria dos jornais hostilizaram-nos com uma
violência incomum […] Fomos acusados das piores
intenções; “procuram o escândalo”, “gozam com o
do público”…, “queríamos enriquecer rapidamente à
custa dos snobes…”, foi o descrédito. […] Alegaram
nada se poder ‘ver’... E não foram só os filisteus
mas também pintores de valor, meio, sinceramente,
meio estrategicamente.

Albert Gleizes, extrato do O Salão de Outono de 1911.


A sala VIII. Lembranças: o cubismo, 1908-1914, Ampuis,
Editions Association des Amis d’Albert Gleizes, 1997, Paris
Albert Gleizes, A Caça, 1911
Óleo sobre tela, 123,2 x 99 cm
Obra exibida no Salão de Outono de 1911
Outros pintores cubistas

Fernand Léger, O casamento ou As núpcias, 1911


Óleo sobre tela, 257 x 206 cm, Centro Pompidou, Paris
Outros pintores cubistas

Jean Metzinger, O pássaro azul, 1912-1913


Óleo sobre tela , 230 x 196 cm, Museu da Arte
Moderna da Cidade de Paris
REFLITA E RESPONDA:

1. Localize no tempo as diferentes fases do cubismo.

2. Distinga, apresentando dois aspetos, o cubismo analítico e


o cubismo sintético.

3. Refira três aspetos inovadores do cubismo.

Robert Delaunay, 1910–12, A cidade de Paris.


Óleo sobre tela, 267 × 406 cm, Museu de Arte Moderna da Cidade de Paris