Anda di halaman 1dari 32

2ª Semana do Desenvolvimento Humano

Disco embrionário bilaminar

Sheron Luize Costa de Carvalho


FEPAR/2015
Revisão
Objetivos da segunda semana
• Término da implantação do blastocisto
• Formação de um disco embrionário bilaminar
• Formação da cavidade amniótica, âmnio, saco
vitelino, pedículo de conexão e o saco
coriônico
• Início da circulação materno fetal
Diferenciação do trofoblasto (7 e 8 dias)

• Citotrofoblasto
• Sinciciotrofoblasto
SINCICIOTROFOBLASTO
Células não individualizadas
formando um sincício
Estrutura INVASIVA com capacidade
de corroer o endométrio
Produz enzimas proteolíticas
 Produz HCG
CITOTROFOBLASTO
Células individualizadas
Alta capacidade proliferativa
(mitoses)
Origina o sinciciotrofoblasto
Origina a porção embrionária da
placenta
Nidação
• 6 dias após a fecundação
• “Blastocisto invasor + endométrio receptor”
Nutrição do embrião
• Até a nidação: secreção das glândulas uterinas
• Após a nidação: reação decidual

Glicogênio
Lipídios
hCG – human chorionic gonadotrophin

• Produzido pelo sinciciotrofoblasto


• Estimula o corpo lúteo a produzir
progesterona e estrogênio
• Fim da segunda semana – teste sanguíneo de
gravidez positivo
Formação do epiblasto e do hipoblasto (8 DIAS)
O embrioblasto reorganiza-se:
primórdio da cavidade amniótica
EPIBLASTO
HIPOBLASTO
FORMAÇÃO DA CAVIDADE AMNIÓTICA (8 dias)

• Abre-se um espaço no
embrioblasto, revestido
por amnioblastos
originados do epiblasto.
• Amnioblastos secretam
líquido amniótico.
• O epiblasto está em
continuidade com a
cavidade amniótica.
Âmnio

• Proteção contra choques mecânicos, desidratação e


patógenos
• Permite a movimentação adequada do embrião/feto
Formação do saco vitelino primário ( 8 dias)

A blastocele passa a se
chamar cavidade exocelômica
Hipoblasto + cavidade
exocelômica

SACO VITELINO
PRIMÁRIO
Formação da mesoderme extra-embrionária (10 dias)

A partir da membrana
de revestimento do
saco vitelino formam-se
células mesenquimais
que envolvem o saco
amniótico e o saco
vitelino formando

MESODERME
EXTRAEMBRIONÁRIA
Lacunas – embriotrofo
Circulação uteroplacentária primitiva
• Fim da segunda semana do desenvolvimento –
embrião completamente implantado no
endométrio
FORMAÇÃO DO CELOMA EXTRAEMBRIONÁRIO (12 dias)

Surgem espaços
isolados, pequenas
cavidades no meio
da mesoderme
extraembrionário.
FORMAÇÃO DO CELOMA EXTRAEMBRIONÁRIO (13 dias)

Os espaços
isolados coalescem

CELOMA
EXTRAEMBRIONÁRIO
ou
CAVIDADE CORIÔNICA
Córion
• Anexo embrionário mais externo, que
circunda o embrião e todos os outros anexos
• Proteção térmica
• Proteção contra entrada
de patógenos
• Proteção contra choques
mecânicos
• Trocas gasosas
Formação do saco vitelino secundário (14 dias)

Células do hipoblasto
formam um saco
vitelino dentro do saco
vitelino primário

SACO VITELINO
SECUNDÁRIO
Mesoderme extraembrionária

O mesoderme
extraembrionário tem
duas denominações:
Mesoderme
Extraembrionário
SOMÁTICO que
reveste o trofoblasto e
o saco amniótico.
Mesoderme
extraembrionário
ESPLÂNCNICO que
reveste o saco
vitelino.
???
Formação do pedículo do embrião
Composto por mesoderme
extra-embrionário, mantém
o embrião (saco
amniótico+disco
bilaminar+saco vitelino)
suspenso dentro de uma
cavidade maior

CAVIDADE CORIÔNICA
O pedículo do embrião
corresponde ao futuro
cordão umbilical.
PEDÍCULO DO EMBRIÃO
ESTABELECIMENTO DA CIRCULAÇÃO UTEROPLACENTÁRIA

No 12° dia
sinciciotrofoblasto
rompeu alguns
vasos sanguíneos
maternos e
estabeleceu uma
circulação utero-
placentária.

Ao final da 2ª semana se formaram as vilosidades


coriônicas primárias da PLACENTA, que são compostas
por SINCICIOTROFOBLASTO + CITOTROFOBLASTO
No 14◦ dia – embrião = disco embrionário
PLACA PRECORDAL- FUTURA REGIÃO ORAL

Na 2ª semana uma região espessada do hipoblasto marca


região oral do embrião
Está fortemente aderida ao epiblasto e forma a membrana
bucofaríngea
Primeira semana

Segunda semana
RESUMO DA 2ª SEMANA DE DESENVOLVIMENTO
2ª Semana – A semana do 2
TROFOBLASTO está dividido em cito e sinciciotrofoblasto
EMBRIOBLASTO se divide em Epiblasto e Hipoblasto
MESODERME EXTRAEMBRIONÁRIA divide-se em porção somática que reveste o saco
amniótico e porção esplâncnica, que reveste o saco vitelino
Formam-se 2 cavidades: CAVIDADE AMNIÓTICA E CAVIDADE VITELINA

•Conclusão da implantação
•Estabelecimento da circulação utero-placentária inicial
•Formação das Vilosidades Coriônicas Primárias
Obrigada! E tchau!