Anda di halaman 1dari 8

FAMÍLIA

L. H. Morgan (1818 – 1881)


Estudo sobre os tipos de família: Consanguínea, Punaluana, ,
Sindiásmica, Patriarcal, Monogâmica.
 Sobrevivência física e psíquica da criança;
 Primeiros aprendizados dos hábitos e costumes da
cultura;
 Exercício dos direitos da criança e adolescente.

:: Família substituta
 Família e escola.
 Mudança cultural - o papel da mulher.
 Interferências do mundo social – novas realidades históricas
produzindo pessoas diferentes e novas subjetividades.
 Meios de comunicação de massa.
 Lacan – “entre todos os grupos humanos, a família
desempenha um papel primordial na transmissão de cultura. Se
as tradições espirituais, a manutenção dos ritos e dos
costumes, a conservação das técnicas e do patrimônio são
com ela disputados por outros grupos sociais, a família
prevalece na primeira educação, na repressão dos instintos, na
aquisição da língua acertadamente chamada materna. Com isso
ela preside os processos fundamentais do desenvolvimento
psíquico.”
Primeira Educação
 Pais como modelos – padrões de conduta.
 Diferenças biológicas são atribuídas representações
sociais, expectativa de conduta para cada gênero.
 Afetividade
Repressão do desejo
 Indiferenciação com o mundo – mãe, díade fundamental.
 A marca dessa relação é a fusão.
 Tempo – desconforto.
 Diferenciação do Ego – princípio do prazer (rege o
funcionamento psíquico) e princípio da realidade.
(satisfação pode ser postergada, substituindo o objeto de
satisfação.
 Frustração – marca a experiência humana desde o
nascimento e é constitutivo do sujeito.
 Interdição – lei social que se ancora na subjetividade ao
marcar a repressão do desejo, seja dos impulsos
agressivos, seja dos impulsos neuróticos
Aquisição da Linguagem
 Entrada no mundo e apropriação;
 Troca de comunicação com o mundo;
 Nomeação dos afetos e desejos;
 Dá sentido ao que ocorre dentro de si;
 Anterior à linguagem – impulsos livres e o inconsciente
prepondera.
 Através da linguagem – e pela compreensão dos
mecanismos que a regulam que a criança discrimina o seu
desejo e o que é ou não permitido satisfazer.
 A família – espaço onde ocorre esse aprendizado.
Sobre a família...
 Expressões de amor e ódio são reguladas pelos pais;
 Vínculo – aspectos biológico, social e afetivo: tem mão
dupla para ser significativo;
 Família como lugar de proteção e cuidados – mito.
 O direito a ter uma família – Declaração dos Direitos da
Criança e Estatuto da Criança e do Adolescente (ex.:
igualdade do direito aos filhos do casamento ou adotivos;
pátrio poder exercido em igualdade de condições).