Anda di halaman 1dari 19

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)

Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC)


Unidade Acadêmica de Medicina (UAMED)
Disciplina: Saúde Coletiva IV
Docente: Berenice Ferreira Ramos

NR 7 – Programa de Controle
Médico de Saúde Ocupacional

Discentes: Mayara Ingrid, Nathanny Alves e Tarcila Gurgel.


O que é?

Trata-se do Programa de Controle Médico de Saúde


Ocupacional, previsto pela NR 7 (Norma Regulamentadora) –
Instituído pela Portaria nº 3214 de 08 de Junho de 1978 do
Ministério do Trabalho.
Objetivos

Obrigatoriedade
Ou seja:do PCMSO;
Determina que todos os
empregadores ou instituições que admitam
trabalhadores como empregados regidos pela
CLT, elaborem e implementem tal programa
Mínimos;
com o objetivo de promoção e da preservação
da saúde dos trabalhadores, bem como
prevenção e diagnóstico precoce de doenças
relacionadas às funções desempenhadas e ao
Empresa contratante
ambienteresponsável.
de trabalho.
Benefícios para a Empresa

 Projetar uma imagem positiva da Empresa, ou


seja, de atenção e cuidado não só com a saúde do
Homem, como também com o meio ambiente.
Agindo assim, a Empresa adquire credibilidade e
respeito em relação aos trabalhadores, ao mercado
de trabalho e aos órgãos estatais, entidades sindicais
e outras responsáveis pela fiscalização e
cumprimento do PCMSO, salvaguardando-se de
eventuais infortúnios e dissabores legais.
Diretrizes

Articulado com as demais Normas;

Indivíduo e coletividade;

Prevenção, rastreamento e diagnóstico;

Baseado nos riscos à saúde do trabalhador.


Das Responsabilidades

EMPREGADOR
 Garantir a elaboração e efetiva implantação;
 Custear;
 Coordenador médico do trabalho.
Das responsabilidades

MÉDICO COORDENADOR
 Realizar os exames obrigatórios;
 Encarregar dos exames complementares.
É obrigatório?

 Elaborar e implementar o PCMSO é obrigação de todas as


pessoas, físicas ou jurídicas, que admitirem trabalhadores
como empregados, regidos pela CLT;
 Empresas com até 25 funcionários grau de risco 1 e 2 ficam
desobrigadas de indicar médico do trabalho;
 Empresas com até 50 funcionários grau de risco 1 e 2 ficam
desobrigadas de indicar médico do trabalho, com
negociação coletiva;
 Empresas que tiverem de 10 a 20 funcionários grau de risco
3 e 4, podem ficar desobrigadas de indicar médico do
trabalho, com negociação coletiva.
Atividades Previstas

 Exame Médico Admissional;


 Exame Médico Periódico;
 Exame Médico por Mudança de Função;
 Exame Médico por o Retorno ao Trabalho;
 Exame Médico Demissional;
 ASO (Atestado de Saúde Ocupacional);
 Relatórios Estatistícos Anuais;
 Arquivos de Exames por 20 anos.
Avaliação clínica, abrangendo anamnese ocupacional e
exame físico e mental; exames complementares.
Prazos e Periodicidade
• Antes que o trabalhador assuma.
Admissional

• Condições específicas: a cada ano ou intervalos menores;


Periódico • No geral: a cada 2 anos.

• Primeiro dia de trabalho após no mínimo 30 dias ausente por motivo


Retorno de doença ou acidente.

• Antes da data de mudança.


Mudança

• Até a data de homologação. Último exame do risco 1 e 2 há mais de 135


Demissional dias e 90 para risco 3 e 4.
Atestado de Saúde Ocupacional- ASO

 Duas vias:
 1ª: local de trabalho, à disposição;
 2ª: entregue ao trabalhador.

 Nome completo, número de registro, função; riscos


ocupacionais específicos, indicação dos
procedimentos médicos a que foi submetido; nome e
CRM do médico coordenador e do encarregado pelo
exame, definição de aptidão.
Prontuário Clínico Individual

 Responsabilidade do médico coordenador;


 Mantido por no mínimo 20 anos após desligamento.
Relatório Anual
Parâmetros
para
Controle
Biológico da
Exposição
Ocupacional
a Alguns
Agentes
Químicos
Dos Primeiros Socorros

 Todo estabelecimento deverá estar equipado com


material necessário à prestação dos primeiros
socorros, considerando-se as características da
atividade desenvolvida; manter esse material
guardado em local adequado e aos cuidados de
pessoa treinada para esse fim.
E se a empresa não implantar o
PCMSO?

 Uma das consequências quando não existe o PCMSO


devidamente elaborado e/ou quando, mesmo que
exista, não esteja sendo implementado (executado
devidamente) é a multa que pode ser estabelecida
pelo fiscal do trabalho. Além disso, a saúde do
trabalhador pode ficar exposta e o empregador
também pode expor-se, desnecessariamente a
procedimentos criminais e de indenização civil.
Muito
Obrigada!