Anda di halaman 1dari 14

CONCORDÂNCIA VERBAL

Ocorre quando o verbo se flexiona para


concordar com o seu sujeito

O erro de concordância chama-se solecismo


CONCORDÂNCIA COM SUJEITO SIMPLES

o verbo concordará com o


núcleo do sujeito em
número e pessoa

EX: Eu vou ao cinema.


Nós vamos ao cinema.
• Quando o sujeito for coletivo, o
verbo ficará sempre no singular

EX: A multidão gritou.


A multidão de fãs gritaram.

OBS: Se o sujeito coletivo vier


especificado, o verbo irá para o
plural
• Coletivos partitivos (metade, a
maior parte, a maioria) - o verbo
fica no singular ou vai para o
plural

EX: A maioria dos alunos foi à excursão.


A maioria dos alunos foram à excursão.

• O sujeito é o pronome relativo “QUE”-


o verbo concorda com o antecedente do
pronome.

EX: Fui eu que derramei o café;


Foi ele que derramou o café.
• O sujeito é o pronome relativo “QUEM” -
o verbo pode ficar na 3ª pessoa do
singular ou concordar com o antecedente
do pronome.

EX: Fui eu quem derramou o café.


Fui eu quem derramei o café.
• Quando o sujeito for formado por
um pronome de tratamento, o
verbo irá sempre para a 3º pessoa

EX: Vossa Alteza pediu silêncio.


Vossas Altezas pediram silêncio.

• Verbo de ligação “SER”


O verbo pode concordar com o sujeito
ou com o predicado

EX: Tudo é flores.


Tudo são flores.
CONCORDÂNCIA COM SUJEITO COMPOSTO
• Quando o sujeito estiver anteposto ao
verbo, este ficará no plural

EX: João e Maria foram embora.

• Quando o sujeito estiver posposto ao


verbo, este ficará no plural ou
concordará com o mais próximo

EX: Voltou ao hotel o turista e a moça.


Voltaram ao hotel o turista e a moça
• Quando o verbo for constituído por
pessoas gramaticais diferentes, ele
ficará no plural

EX: Eu, tu e ele vamos ao cinema.


Tu e ele vais ao cinema.

• Quando os núcleos do sujeito estiverem ligados


por “OU” - o verbo irá para o singular quando a
idéia for de exclusão, e para o plural quando for
de inclusão.

EX: Pedro ou Lucas ganhará o prêmio.


Mamão ou Laranja fazem bem à saúde
Partícula SE

•Partícula apassivadora: o verbo ( transitivo direto)


concordará com o sujeito passivo.

EX: Vende-se carro.


Vendem-se carros.

• Índice de indeterminação do sujeito: o verbo


(transitivo indireto) ficará, obrigatoriamente, no
singular.

EX: Precisa-se de secretárias.


Confia-se em pessoas honestas.
VERBOS IMPESSOAIS

• Verbo HAVER- é impessoal quando


empregado no sentido de existir.
Fica na 3ª pessoa do singular e não
tem sujeito

EX: Havia muitos alunos na sala de aula.


Deve haver muitos alunos na sala de aula.

Existiam muitos alunos na sala de aula.


Deviam existir muitos alunos na sala de aula
• Verbo FAZER- é impessoal quando empregado na
indicação de tempo transcorrido. Nesses casos, como
não tem sujeito, fica na 3ª pessoa do singular

EX: Faz dez anos que não a vejo.


Vai fazer três semanas que chegamos.
• Verbo SER- quando indicar horas,
distância e datas, o verbo concordará com
o predicativo.

EX: É uma hora.


São duas horas.

Daqui até a escola é um quilômetro.


Daqui até a escola são dois quilômetros.
• Locução verbal- nunca pluraliza
os dois verbos

EX: Os meninos parecem estar satisfeitos


Os meninos parece estarem satisfeitos.