Anda di halaman 1dari 12

NECESSIDADES DE SAÚDE

1ª Série – Cursos de
Enfermagem e Medicina
2004
Introdução
 As mudanças curriculares
implementadas em 2003, nos dois
cursos – Projeto Famema séc. XXI:

produção de conhecimento referenciada
no modelo de vigilância à saúde, a partir
da prática e reflexão sobre ela,
buscando a transformação de
profissionais de saúde, dos processos
de trabalho e da qualidade de vida e de
saúde das pessoas e da população.
Estrutura Curricular
 Assim, em 2004, a 1ª série dos dois cursos constituiu-se
de duas unidades educacionais longitudinais
complementares: a Unidade de Prática Profissional 1 e a
Unidade Sistematizada Necessidades de Saúde
 A unidade sistematizada Necessidades de saúde e a
UPP estão fundamentadas:
• metodologias ativas de ensino-aprendizagem
• centradas no estudante
• baseadas na comunidade
 O processo educacional considera:
• o conhecimento e experiência prévias
• estimula a aprendizagem auto-dirigida
• a busca e análise crítica das informações
• a construção de novos saberes
• o trabalho em grupo
Estrutura Curricular

 Na Unidade Sistematizada o
estímulo para a aprendizagem é
uma representação da realidade
(problema de papel, relato de
caso...) previamente construída
pelos construtores da Unidade e o
foco da atividade é
fundamentalmente educacional

Mundo do conhecimento
Estrutura Curricular
 Na UPP o estímulo é originado em
cenários reais (serviços de saúde e a
própria comunidade) a partir do contato
dos estudantes com situações reais. O
desenvolvimento dessas atividades
implica tanto na aprendizagem como no
cuidado efetivo e integral da pessoa.
Não é exclusivamente uma relação de
aprendizagem (paciente como objeto).
É uma relação com vínculo e
responsabilização, para com os
pacientes e equipe de saúde, tal com
ocorre na vida real

Mundo vivido
Unidade Sistematizada: objetivo

 Promover o desenvolvimento de
capacidades cognitivas, afetivas e
psicomotoras que possam ser
mobilizadas e integradas para a
identificação de necessidades
individuais de saúde e para a
organização e gestão do trabalho em
saúde, a partir de situações simuladas
e originadas da prática profissional.
Unidade Sistematizada:
organização
 Medicina: 10 grupos - com 10
tutores no 1° e 2° semestre
 Enfermagem: 4 grupos – com 4
professores no ano
 Conferências
 Práticas laboratoriais
 EAC formativo e somativo
Unidade Sistematizada: equipe
de construção
 Coordenadores: 2 Medicina – Anete e Ioshie /
2 Enfermagem – Cassia e Sílvia
 Disciplinas: Anatomia, Histologia, Embriologia,
Bioquímica, Fisiologia, Microbiologia,
Imunologia, Parasitologia, Psicologia
 Professores da Enfermagem, facilitadores da
UPP1 e UPP2
 Assessoria: Nelson Felício
 Reconstrução dos problemas: desempenho da
UPP, necessidades de saúde e foco na família
Desempenhos para os 2 cursos, segundo
áreas de competência:

 Área de competência de Vigilância à Saúde:


Sub-área: cuidado às necessidades individuais de
saúde:
• Identifica necessidades de saúde:
- História clínica
- Exame clínico
• Formula o problema do paciente
• Elabora e executa o plano de saúde

 Área de competência: Organização e Gestão do


trabalho de Vigilância à saúde:
• Organiza o trabalho em saúde
• Avalia o trabalho em saúde
UPP: Desempenhos e Tarefas
 Desempenho: Identifica necessidades
individuais de saúde
• Tarefa: História clínica
 Identificação, idade, renda, procedência, religião, estado
civil, dinâmica da casa
 Obtém o consentimento
 Aplica procedimentos de biossegurança
 Caracteriza o estado mental geral da pessoa (atenção,
orientação, linguagem...)
 Identifica barreiras para a comunicação
 Estabelece relação empática
 Caracteriza o contexto de vida
 Identifica e caracteriza os sinais e sintomas referidos e/ou
percebidos
 Identifica situações pregressas da pessoa e familiares
 Formula o problema da pessoa, focalizando as
necessidades de saúde
 Esclarece dúvidas, explica e orienta a pessoa
 Registra dados de forma clara e orientada ao problema da
pessoa
UPP: Desempenhos e Tarefas
 Desempenho: Identifica necessidades
individuais de saúde
• Tarefa: Exame clínico
 Obtém o consentimento
 Aplica procedimentos de biossegurança
 Cuida da privacidade e conforto da pessoa
 Adota postura ética
 Acomoda a pessoa na posição necessária para o exame
 Coleta, traduz e interpreta dos dados antropométricos
 Realiza inspeção geral: analisando o estado físico geral,
estado de higiene, vitalidade e umidade da pele e mucosas,
temperatura, estado nutricional e fácies,
equilíbrio/locomoção, postura antálgica
 Coleta, traduz e interpreta dados vitais: freqüência e padrão
respiratório, freqüência cardíaca, pulso, pressão arterial
 Formula o problema da pessoa, focalizando as
necessidades de saúde
 Esclarece dúvidas, explica e orienta a pessoa
 Registra informações no prontuário de forma clara,
organizada e orientada ao problema da pessoa
Unidade Sistematizada:
Categorização das Necessidades de Saúde
Necessidades Atributos e processos a serem explorados

Alimentação nutrição, digestão, excreção, crescimento, desenvolvimento,


interdições culturais na alimentação, dieta saudável,
regimes, acesso à alimentação

Respiração processo de respiração, qualidade do ar, questões


ambientais
Proteção defesa do organismo, biossegurança, proteção ao direito ao
acesso aos serviços de saúde, segurança e integridade
física, direitos ao acesso à educação, ao lazer e a bens
culturais em geral, proteção social, proteção relacionada
a emprego/trabalho

Autonomia locomoção, repouso, sistema neuropsicomotor, identidade


pessoal, desenvolvimento da personalidade, direitos a
informações/aprendizagem e cidadania

Interação/Convivência sistemas e processos corporais, comunicação, relações


afetivas, interação de papéis sociais, convivência sexual

Realização realização pessoal, profissional, sexual, reprodutiva, como


ser saudável