Anda di halaman 1dari 20

Seja

Bem Vindo!
estamos felizes por você estar aqui
Oração
• Oração como uma válvula de escape.
• Oração como um meio de obtenção
de nossos desejos e vontades.
• Oração como um telefonema.
Oração do Pai Nosso - Mt
6.9-13
9 Portanto, vós orareis assim: Pai
nosso, que estás nos céus,
santificado seja o teu nome;
10 venha o teu reino; faça-se a tua

vontade, assim na terra como no


céu;
11 o pão nosso de cada dia dá-nos

hoje;
Oração do Pai Nosso - Mt
6.9-13
12 e perdoa-nos as nossas dívidas,
assim como nós temos perdoado
aos nossos devedores;
13 e não nos deixes cair em

tentação; mas livra-nos do mal


pois teu é o reino, o poder e a
glória para sempre. Amém!
“Pai Nosso...”
Lucas 11
11 Qual dentre vós é o pai que, se o filho
lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou
se pedir um peixe, lhe dará em lugar de
peixe uma cobra?
12 Ou, se lhe pedir um ovo lhe dará um
escorpião?
13 Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar
boas dádivas aos vossos filhos, quanto
mais o Pai celestial dará o Espírito
“... ESTáS NOS CéUS...”
• O “Pai nosso, que estás nos céus...” é
o mesmo que veio a Terra em forma
de homem, e nela habitou e fez
cumprir seus desígnios para nos
salvar.
“...SANTIFICADO SEJA O
TEU NOME...”
• A oração é um convite a
participarmos da santificação do
nome de Deus.
• Pois o nome de Deus já é santificado
diuturnamente pelos anjos que entoam
“Santo, Santo, Santo” (Is 6.3).
• Reconhecer a santidade de Deus é
reconhecer a nossa deficiência.
“VENHA O TEU REINO;”
• Quando oramos pela vinda do Reino
de Deus devemos ter em mente duas
perspectivas:
1. O Reino não é somente exterior, ele
é interior:
• Efésios 3.17 “... assim, habite Cristo no
vosso coração, pela fé, estando vós
“VENHA O TEU REINO;”
2. Além de ser uma perspectiva
Presente, ela é também
FUTURA:
1 Coríntios 15.24-25
24 E, então, virá o fim, quando ele entregar
o reino ao Deus e Pai, quando houver
destruído todo principado, bem como
toda potestade e poder.
25 Porque convém que ele reine até que haja
posto todos os inimigos debaixo dos pés.
“FAÇA-SE A TUA
VONTADE, ASSIM NA
• Ao orarmos, “faça-se a tua vontade”
estamos dizendo que agora, o nosso
caminho é o da Submissão.
• “A Oração não muda a DEUS, ela muda a
mim.”
C. S. Lewis.
“O PãO NOSSO DE CADA
DIA Dá-NOS HOJE...”.
• Clamor pelas coisas ordinárias da
vida.
• Ensino a viver na dependência de
Deus.
“PERDOA-NOS AS NOSSAS DíVIDAS
ASSIM COMO TEMOS PERDOADO
AOS NOSSOS DEVEDORES;”.
• A oração é um convite ao PERDÃO.

• Mateus 18 – Parábola do Servo


ingrato.
• R$ 18.000.000.000,00
• R$ 1.700,00
• A oração deve ser de reflexão e
análise do alto.
“E NãO NOS DEIXES CAIR EM
TENTAçãO, MAS LIVRA-NOS DO
MAL...”.
• Clamor por santidade.

• “O livramento ou escape não é


oferecido depois da queda, mas
antes”.
• É uma oração que clama por
proteção.
“POIS TEU É O REINO, O
PODER E A GLÓRIA PARA
SEMPRE, AMÉM”.
Essa finalização enaltece o único
que é digno de receber essa
declaração de fé tão confortante
e esperançosa.
Para Pensar e
Praticar
1. Submeta-se a vontade Deus.

2. Invista tempo em oração, ela é o


melhor meio de fazermos a
vontade de Deus.

3. Desafio
SANTA CEIA
SC
1 Corinthians 11:23-28
23 Porque eu recebi do Senhor o que

também vos entreguei: que o Senhor


Jesus, na noite em que foi traído,
tomou o pão;
24 e, tendo dado graças, o partiu e

disse: Isto é o meu corpo, que é dado


por vós; fazei isto em memória de
mim
SANTA CEIA
SC
1 Corinthians 11:23-28
25 Por semelhante modo, depois de
haver ceado, tomou também o
cálice, dizendo: Este cálice é a nova
aliança no meu sangue; fazei isto,
todas as vezes que o beberdes, em
memória de mim.
26 Porque, todas as vezes que
comerdes este pão e beberdes o
cálice, anunciais a morte do Senhor,
SANTA CEIA
SC
1 Corinthians 11:23-28
27 Por isso, aquele que comer o pão ou
beber o cálice do Senhor,
indignamente, será réu do corpo e do
sangue do Senhor.
28 Examine-se, pois, o homem a si

mesmo, e, assim, coma do pão, e


beba do cálice;
E
o seu
nome
será...